Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Salvador recebe da Unesco título de Cidade da Música - Jornal Brasil em Folhas
Salvador recebe da Unesco título de Cidade da Música


A capital da Bahia, Salvador, recebeu hoje (1º), o título oficial de Cidade da Música, da Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Na sede da prefeitura da cidade, no bairro do Comércio, o título – que já havia sido anunciado no fim de 2015 – foi entregue oficialmente ao prefeito ACM Neto. Com isso, Salvador se torna a primeira cidade brasileira a se enquadrar na categoria Música, Rede da Unesco.

A coordenadora do setor de Cultura da representação da Unesco Brasil, Patrícia Braz, ressaltou que a medida significa, além de tudo, atribuir responsabilidades à cidade de Salvador. “A Rede de Cidades Criativas é um programa relativamente novo da Unesco que busca, por meio da cultura, estimular ações aos governos locais, para colocar a cultura como estratégia de desenvolvimento local. Não apenas como estratégia de desenvolvimento econômico, mas que tenha efeitos práticos para a sociedade. É um conjunto com sete categorias e o programa parte do compromisso do governo local, de apresentar um programa de trabalho, que demonstra sua capacidade de executá-lo em benefício da sociedade”, disse Patrícia, que entregou ao prefeito o documento que oficializa o título.

“Falando da música, os desafios que se impõem são inúmeros. Primeiro, entender o impacto da cadeia da música na economia local; segundo, entender e direcionar como o governo local vai estimular o fortalecimento dessa cadeia e, terceiro, como a prefeitura se compromete com a interação entre a cultura e a educação”, completou a coordenadora.

Participaram da cerimônia artistas, músicos locais e de repercussão nacional como Daniela Mercury, Margareth Menezes, Ricardo Chaves e Paulinho Boca de Cantor (integrante do grupo Novos Baianos), Jerônimo e membros da banda afro de mulheres Didá.

“Quero prestigiar a todos os músicos presentes e quero parabenizar a todos os envolvidos pela iniciativa, é bom que [se] mensure essa indústria [da música], para mostrarmos o que a gente tem feito. Num momento tão crucial na cultura do Brasil, é muito importante esse título para nós, para a gente ocupar as ruas, o país, e estar falando da essência do que somos como gente e como povo”, declarou Daniela Mercury após cantar um trecho de Cidade da Música, que ela mesma compôs no início do ano, em homenagem ao título.

O secretário de Educação do município, Joege Khoury, explicou que a candidatura de Salvador para o título foi proposta em parceria com o Escritório Salvador Cidade Global e a prefeitura, que decidiu inscrever a capital baiana na categoria Música, uma das sete categorias da Rede de Cidades Criativas da Unesco.

“Foi um trabalho durante o período de julho a dezembro do ano passado, fazendo chegar à Unesco as informações com relação ao trabalho que nós fazemos em Salvador e à visão da música como instrumento importante de inclusão social e como um equipamento importante no desenvolvimento de um povo”, afirmou o secretário.

“Esse título traz visibilidade, mais compromisso de representar cada vez melhor esse título, que é uma conquista justa, já que o povo soteropolitano e baiano contribuiu tanto para a música popular brasileira. Além disso tem a economia. A indústria da música gera renda na nossa terra, é uma conquista importantíssima, que levanta ainda mais a nossa autoestima, como artistas baianos”, comentou a cantora Margareth Menezes, após a cerimônia.

De acordo com a prefeitura, Salvador é a primeiro município brasileiro a integrar a Rede de Cidades Criativas da Unesco, no segmento musical, ao lado de cidades como Bogotá (Colômbia), Bologna (Itália), Brazzaville (República do Congo) e Hannover (Alemanha).

 

Últimas Notícias

Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida
Bolsonaro reitera que decisão sobre médicos cubanos é humanitária

MAIS NOTICIAS

 

Atividade econômica cresce 1,74% no terceiro trimestre
 
 
Diretores do BC colocam-se à disposição para permanecer nos cargos
 
 
PM apreende 215 kg de drogas em comunidades da zona norte do Rio
 
 
https://www.brasilemfolhas.com/fotos/images/
 
 
Seleção para preencher vagas de médicos cubanos ocorre ainda este mês
 
 
Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212