Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Grêmios estudantis serão implantados nas escolas estaduais - Jornal Brasil em Folhas
Grêmios estudantis serão implantados nas escolas estaduais


A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), por meio da Coordenação de Programa, Projetos e Ações para Juventude (Paju), da Superintendência do Ensino Médio, deu início nesta semana ao Circuito Formativo de implantação dos Grêmios Estudantis nas unidades escolares. A proposta é promover o protagonismo juvenil a favor da consolidação da gestão escolar democrática.

O trabalho começou pela subsecretaria de Luziânia nesta terça-feira, dia 7, com a formação de 39 gestores. Nesta quarta, dia 8, a superintendência realiza uma roda de conversa e formação sobre as organizações estudantis com 200 estudantes que são líderes de turma. “Esses alunos farão o papel de fomentadores para os outros colegas, repassando o conhecimento e as informações obtidas nesses encontros. Aliado a isso, os gestores, junto com a subsecretaria, farão um planejamento estratégico de implementação do grêmio para cada escola”, explicou o superintendente do Ensino Médio, Wisley Pereira.

Após finalizado o trabalho em Luziânia, a equipe da superintendência segue para as subsecretarias de Piracanjuba e Aparecida de Goiânia promovendo uma discussão salutar com toda a comunidade escolar e dando sequência ao percurso formativo dos grêmios. “As organizações em cada escola não têm um prazo estabelecido para serem implementadas. O importante é que os estudantes entendam a importância dessa representatividade e as legalidades a serem cumpridas, se sintam empoderados e seguros do caminho que deve ser percorrido”, completou o superintendente.

Grêmios

Os grêmios são organizações historicamente reconhecidas dentro do universo estudantil e têm papel fundamental no vínculo entre a ação democrática escolar e a ação social para além dos muros da escola. “Estimular a organização estudantil significa ouvir o que temos de primordial dentro da escola, o aluno. É construir uma escola com a cooperação e corresponsabilização de todos e acreditar que nossos jovens também têm muito a contribuir na construção de uma educação de qualidade”, ressaltou Wisley Pereira.

A reativação dos grêmios é uma das formas positivas de organização para a gestão democrática e, por isso, a Seduce convida toda a comunidade escolar a fazer parte dessa discussão. O trabalho da Seduce tem parceria com o Conselho Estadual da Juventude (Conjuve) e com a Superintendência de Juventude de Goiás (Sujuv).

 

Últimas Notícias

John Forman recusa cargo no Conselho de Administração da Petrobras
Em visita oficial, Macri é recebido no Planalto por Bolsonaro
Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Produção de bicicletas aumenta 15,9% no Brasil
Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018
Ex-comandante da Marinha é indicado para o conselho da Petrobras
Inflação para idosos fecha 2018 em 4,75%, informa FGV

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212