Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Microsoft anuncia compra do LinkedIn por US$ 26,2 bilhões - Jornal Brasil em Folhas
Microsoft anuncia compra do LinkedIn por US$ 26,2 bilhões


A gigante de tecnologia Microsoft anunciou nesta segunda-feira (13) acordo para comprar a rede social LinkedIn por US$ 26,2 bilhões, ou US$ 196 por ação da empresa.
Pelos termos do acordo anunciado, o LinkedIn vai manter a marca, cultura e independência, segundo comunicado divulgado. Jeff Weiner continuará no cargo de presidente-executivo da rede social e se reportará a Satya Nadella, presidente da Microsoft.
A transação foi aprovada por unanimidade pelos conselhos de administração do LinkedIn e da Microsoft. A expectativa é que o negócio esteja concluído até o final deste ano. A operação ainda depende da aprovação dos acionistas do LinkedIn e de órgãos reguladores.
A Microsoft vai financiar a operação principalmente pela emissão de novas dívidas. O valor supera os US$ 22 bilhões pagos pelo Facebook na compra do Whatsapp em 2014.
Às 12h30, as ações do LinkedIn avançavam 46,95%, para US$ 192,62, enquanto os papéis da Microsoft caíam 1,94%, a US$ 50,48.
“A equipe do LinkedIn desenvolveu um negócio fantástico centrado em conectar profissionais do mundo”, afirmou Nadella no comunicado. “Juntos nós podemos acelerar o crescimento do LinkedIn, assim como do Microsoft Office 365 e Dynamics enquanto nós buscamos empoderar cada pessoa e organização do planeta.”
“Hoje é um momento de refundação para o LinkedIn. Eu vejo oportunidades incríveis para nossos membros e consumidores e apoio esse negócio novo” afirmou Reid Hoffman, presidente do conselho de administração do LinkedIn e também cofundador e acionista controlador da rede social.
O LinkedIn é a maior rede social para profissionais do mundo, com 433 milhões de membros. No ano passado, a empresa lançou um aplicativo para smartphone que elevou o número de membros, além de ter implementado um feed de notícias de negócios. A aquisição é a maior que a Microsoft fez desde a compra do Skype, em 2011, por US$ 8,5 bilhões. A gigante de tecnologia também adquiriu, em 2013, a Nokia por cerca de US$ 7,2 bilhões. Em 2007, a empresa comprou a empresa de marketing digital aQuantive por US$ 6 bilhões.

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio promove caminhonetadas em várias regiões de Aparecida
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Brincar com os quatro elementos da natureza ajuda a criança a se desenvolver melhor
Meninas que praticam esportes, cuidado com a alimentação!
Indústria paulista fecha 2,5 mil postos de trabalho em agosto
Aneel descarta revisão de bandeira tarifária em conta de luz
BNDES: empréstimos para Cuba e Venezuela não deveriam ter sido feitos
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212