Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 ONU aprova operação da UE sobre contrabando de armas para Líbia - Jornal Brasil em Folhas
ONU aprova operação da UE sobre contrabando de armas para Líbia


O Conselho de Segurança da ONU autorizou nesta terça-feira uma operação naval europeia para interceptar embarcações suspeitas de contrabandear armas para a Líbia, uma nova demonstração de apoio ao governo de unidade de Trípoli em sua batalha contra o grupo extremista Estado Islâmico.

Na petição da União Europeia, o Conselho adotou por unanimidade uma resolução redigida por Reino Unido e França que amplia a missão da Operação Sophia, que vem combatendo o tráfico de migrantes no mar Mediterrâneo.

Desde agora, e durante um ano, os navios de guerra europeus poderão interceptar e inspecionar imediatamente em alto-mar, ao longo da Líbia, as embarcações que venham ou vão para lá e que sejam suspeitas de transportar armas e equipamentos militares.

A resolução se apoia no capítulo 7 do estatuto da ONU, que permite o uso da força.

A maioria das armas que chegam à Líbia não vão para o governo legítimo, cujas forças são implantadas para tomar a cidade de Sirte do grupo extremista Estado Islâmico (EI), senão desta organização ou de vários grupos armados e milícias.

Para o embaixador francês François Delattre, que preside o Conselho em junho, esta resolução tem o potencial de mudar a situação na Líbia, já que irá pôr fim nos meios para combater melhor o Daesh (acrônimo árabe do EI) freando o fluxo de armas que alimenta a instabilidade na Líbia, disse.

A resolução também irá reforçar o governo de unidade nacional e promoverá a unidade do país, acrescentou.

Rússia, Egito e Venezuela expressaram inicialmente suas reservas, mas finalmente votaram a favor do texto.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212