Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Poluição atmosférica é fator de risco de AVC - Jornal Brasil em Folhas
Poluição atmosférica é fator de risco de AVC


A poluição atmosférica se converteu em um dos principais fatores de risco de acidente vascular cerebral (AVC), sobretudo nos países em desenvolvimento, segundo um estudo publicado nesta sexta-feira na revista especializada The Lancet Neurology.

Ficamos surpresos ao descobrir que uma proporção assombrosamente alta da carga dos AVCs podia ser atribuída à poluição atmosférica, em particular nos países em desenvolvimento, ressalta o professor Valery L. Feigin, da Universidade Tecnológica de Auckland (Austrália), que dirigiu a pesquisa.

O estudo realizado em 188 países entre 1990 e 2013 se concentrou na carga da doença, ou seja, no número de dias perdidos por uma mortalidade prematura e anos de vida produtivos perdidos devido a incapacidades.

Ao passar em revista 17 fatores de risco, os cientistas descobriram que 90% da carga dos AVCs podia ser atribuída a fatores de risco comportamentais como o tabagismo, má alimentação e sedentarismo.

Todos os anos no mundo, 15 milhões de pessoas são afetadas por um AVC, seis milhões morrem e 5 milhões sobrevivem com sequelas permanentes.

Os principais fatores de risco são conhecidos, mas podem existir diferenças entre os países: a hipertensão, uma alimentação pobre em frutas e verduras, a obesidade, o sedentarismo, o tabaco ou uma alimentação muito rica em açúcar ou sal.

Os cientistas descobriram que, no espaço de 20 anos, o papel da poluição atmosférica aumentou sensivelmente.

A parte atribuída à poluição foi avaliada em 33,7% nos países de renda baixa e média, contra apenas 10,2% nos países de alta renda em 2013, em forte aumento desde 1990.

Na Ásia do sul e na África subsaariana, esta parcela alcança inclusive 40%, sobretudo pela poluição do ar interior devido ao uso de combustíveis sólidos para se aquecer ou cozinhar.

Para além da poluição, vários fatores de risco desempenham um papel crescente nos AVCs em nível mundial, como é o caso, sobretudo, da obesidade e do sedentarismo.

O consumo de bebidas açucaradas, por sua vez, aumentou 84% e representa um aumento de 63% do risco por este fator.

Com um controle dos fatores de risco evitáveis ligados ao modo de vida, é possível evitar 75% dos AVCs no mundo, estima Feigin, que convoca os governos a agir taxando ou legislando o tabaco, o álcool, as bebidas açucaradas e as gorduras naturais.

É necessário reconhecer a necessidade de melhorar a prevenção primária e a vontade dos governos, prossegue.

Em um comentário que acompanha o artigo, o professor Vladimir Hachinski, da universidade canadense de Western Ontario, e Mahmud Reza Azarpazhooh, de Mashhad (Irã) consideram muito alarmante o papel da poluição nos AVCs.

Sabíamos que a poluição poderia danificar os pulmões, o coração, o cérebro, mas a magnitude desta ameaça parece ter sido subestimada, concluem.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212