Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Ancine divulga novo calendário de financiamento para o setor audiovisual - Jornal Brasil em Folhas
Ancine divulga novo calendário de financiamento para o setor audiovisual


Já está disponível no portal da Agência Nacional do Cinema (Ancine) – www.ancine.gov.br – o Calendário de Financiamento para o biênio 2015/2017, que traz as datas previstas para a abertura e divulgação de resultados das chamadas públicas do programa Brasil de Todas as Telas, o principal de financiamento do setor audiovisual no país. De acordo com nota divulgada hoje (20) pela Ancine, o calendário também inclui os demais editais de fomento do setor gerenciados pela agência no país.

O principal destaque do novo calendário é o lançamento de uma nova linha de fluxo contínuo, o Prodav 13, que contará com recursos de R$ 14 milhões para a realização de novos investimentos nos núcleos criativos selecionados nas chamadas anteriores do Brasil de Todas as Telas. Também foram feitas inovações na linha Prodecine 03, que passa a ter três modalidades de investimento, de acordo com o número de salas em que os filmes serão lançados.

A modalidade A, voltada para empresas distribuidoras, disponibilizará R$ 10 milhões para projetos com lançamento superior a 100 salas. Já nas modalidades B e C, destinadas a empresas produtoras, será disponibilizado um total de R$ 5 milhões para projetos com lançamento em no mínimo dez salas.

A Ancine informou ainda que fez alguns ajustes no Calendário de Financiamento anterior, referente ao biênio 2015/2016, em função do número recorde de inscrições recebidas pelo programa Brasil de Todas as Telas em seu segundo ano. A linha Prodecine 01, que apoia a produção para cinema, recebeu 278 inscrições, num acréscimo de 120% em relação à edição anterior, enquanto outra linha, a Prodecine 05, voltada para projetos cinematográficos de inovação e relevância artística, teve 328 inscrições, num aumento de 64%.

Segundo a Ancine, o programa Brasil de Todas as Telas, lançado em julho de 2014, em parceria com o Ministério da Cultura e com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), vem superando as metas estabelecidas. Até agora, as ações do programa renderam a estruturação de 69 núcleos criativos em todas as regiões do país e garantiram o desenvolvimento de 700 novos projetos de obras audiovisuais.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212