Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Reunião da OEA sobre Venezuela termina sem definir medidas contra o país - Jornal Brasil em Folhas
Reunião da OEA sobre Venezuela termina sem definir medidas contra o país


A Organização dos Estados Americanos (OEA) concluiu nesta quinta-feira (23), em Washington, sessão extraordinária de seu Conselho Permanente sobre a Venezuela sem decidir sobre as medidas a serem aplicadas contra o país, com base no artigo 20 da Carta Democrática Interamericana. A reunião para discutir o assunto tinha sido solicitada pelo secretário-geral da entidade, Luis Almagro, em maio último.

Durante a reunião, Almagro leu aos representantes dos 34 países-membros da organização relatório de 132 páginas sobre o que ele classifica como “alteração da ordem constitucional” na Venezuela. Segundo ele, a situação atual no país “é resultado das ações que foram realizadas e seguem sendo realizadas por quem está no poder”.
O enfrentamento entre poderes na Venezuela causou o fracasso do sistema político e uma crise de governabilidade

Segundo Almagro, o conselho da entidade deveria apoiar o chamado ao referendo revogatório do mandato de Nicolás Maduro como presidente do país. “A Venezuela poderia e deveria ser um dos países mais prósperos e influentes da região, mas é um Estado assolado por corrupção, pobreza e violência”, afirmou Almagro.

A representante da Venezuela na reunião, a chanceler Delcy Rodriguez, disse que o secretário-geral da OEA “usa seu cargo para promover um golpe de Estado na Venezuela”.
Segundo ela, a OEA está vivendo um período “muito perigoso”. Ela acrescentou que Almagro “está dando um golpe de Estado nesta organização e está promovendo, com a oposição venezuelana, um golpe de Estado na Venezuela”.

Além da Venezuela, Equador e Bolívia se pronunciaram contra o relatório de Almagro. A próxima reunião da OEA para discutir a questão da Venezuela ainda não tem data definida.

 

Últimas Notícias

Brasil tem mais de 2,5 milhões de professores
Polícia Ambiental busca jiboia desaparecida em prédio de Brasília
Justiça de Goiás bloqueia bens de Marconi Perillo e de ex-secretário
Partidos lançam frente de apoio à candidatura de Haddad
Governo decide manter começo do horário de verão em 4 de novembro
Polícia descobre autora de tratamento estético que matou mulher no Rio
Corregedor instaura processo para apurar exoneração de juíza no Pará
Mercosul repudia atos na Nicarágua e adverte sobre risco à democracia

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212