Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Reunião da OEA sobre Venezuela termina sem definir medidas contra o país - Jornal Brasil em Folhas
Reunião da OEA sobre Venezuela termina sem definir medidas contra o país


A Organização dos Estados Americanos (OEA) concluiu nesta quinta-feira (23), em Washington, sessão extraordinária de seu Conselho Permanente sobre a Venezuela sem decidir sobre as medidas a serem aplicadas contra o país, com base no artigo 20 da Carta Democrática Interamericana. A reunião para discutir o assunto tinha sido solicitada pelo secretário-geral da entidade, Luis Almagro, em maio último.

Durante a reunião, Almagro leu aos representantes dos 34 países-membros da organização relatório de 132 páginas sobre o que ele classifica como “alteração da ordem constitucional” na Venezuela. Segundo ele, a situação atual no país “é resultado das ações que foram realizadas e seguem sendo realizadas por quem está no poder”.
O enfrentamento entre poderes na Venezuela causou o fracasso do sistema político e uma crise de governabilidade

Segundo Almagro, o conselho da entidade deveria apoiar o chamado ao referendo revogatório do mandato de Nicolás Maduro como presidente do país. “A Venezuela poderia e deveria ser um dos países mais prósperos e influentes da região, mas é um Estado assolado por corrupção, pobreza e violência”, afirmou Almagro.

A representante da Venezuela na reunião, a chanceler Delcy Rodriguez, disse que o secretário-geral da OEA “usa seu cargo para promover um golpe de Estado na Venezuela”.
Segundo ela, a OEA está vivendo um período “muito perigoso”. Ela acrescentou que Almagro “está dando um golpe de Estado nesta organização e está promovendo, com a oposição venezuelana, um golpe de Estado na Venezuela”.

Além da Venezuela, Equador e Bolívia se pronunciaram contra o relatório de Almagro. A próxima reunião da OEA para discutir a questão da Venezuela ainda não tem data definida.

 

Últimas Notícias

Instituições financeiras reduzem previsão de déficit primário em 2018
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019
Eletrobras: suspensão de leilão se estende a Amazonas Energia
BNDES voltará a subscrever ações de empresas
Juros do cheque e empréstimo pessoal em 2018 foram menores que em 2017
São Paulo fecha ano com 9,9 milhões de empregos formais no comércio
Governo libera 100% de capital estrangeiro nas aéreas nacionais
BNDES fecha o ano com desembolsos de R$ 71 bilhões

MAIS NOTICIAS

 

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões
 
 
Câmara aprova incentivos fiscais a Sudene, Sudam e Centro-Oeste
 
 
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
 
 
Doria diz a Moro que estados precisam de recursos para a segurança
 
 
João de Deus afirma estar à disposição da Justiça
 
 
CGU recupera R$ 7,23 bilhões para os cofres públicos este ano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212