Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Secretaria não confirma fechamento de restaurantes populares no Rio - Jornal Brasil em Folhas
Secretaria não confirma fechamento de restaurantes populares no Rio


A Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro não confirma o fechamento de restaurantes populares e o encerramento do café da manhã popular oferecido em estações de trem, anunciado pela empresa Home Bread, que administra o serviço em algumas unidades.

A Home Bread opera os serviços de restaurante na Central do Brasil, no Centro do Rio, no Méier, na zona norte; e na Cidade de Deus, zona oeste; além do café da manhã nas estações de trem de Santíssimo, Japeri, Campo Grande, Belford Roxo e Duque de Caxias, e disse que o fechamento se deve ao não pagamento por parte do governo do estado.

A secretaria disse que não vai se pronunciar sobre a questão porque não foi notificada oficialmente, mas admitiu que está há 14 meses sem fazer o repasse dos recursos. A dívida já soma R$ 24 milhões.

Hoje (30) o Restaurante Cidadão da Central do Brasil abriu com cerca de 20 minutos de atraso e houve um princípio de tumulto, com clientes batendo nos portões.

Clientes lamentam

Os frequentadores do restaurante lamentam o fechamento do local. Desempregado, Élcio Fernandes disse que é uma covardia fechar o serviço que o ajuda a ter uma alimentação adequada e acessível. “É uma covardia, porque o problema é dessa crise aí. Atingir uma comida que é pra pessoa que não tem um emprego e arruma dois contos pra almoçar, e eles fazem essa covardia. Deveriam pensar duas vezes, eu almoço aqui quase todo dia, então é entregar na mão de Deus e arrumar outro lugar pra almoçar.”

O servente de obra Antônio Teloni disse que terá dificuldades para pagar almoço em outro lugar. “Utilizo o restaurante popular pra poder almoçar, porque eu ganho um salário, é pouco, o restaurante popular é que nos ajuda, a mim e a milhões de brasileiros. Aqui sai mais barato, R$2, tenho que pagar R$10 lá fora. Às vezes só tenho R$2 pra almoçar, se tiver que pagar R$10, quanto é que fica no fim do mês”, criticou.

O reciclador Paulo Henrique também diz que terá dificuldade para almoçar, caso o fechamento do restaurante popular se confirme. “Se cancelar o restaurante vai ficar muito difícil financeiramente, porque vou ter que gastar mais, vai ser um caso muito sério para a população, porque aqui todo mundo é baixa renda.”

Outra cliente, Sandra Mara aproveita para almoçar no restaurante popular quando vai resolver alguma coisa no centro e elogiou o local e a comida. “Quando venho ver coisa de documento aproveito. É uma pena [fechar], é ótima a comida e o pessoal trata a gente muito bem, eu gosto muito, não tenho o que reclamar.”

O estado do Rio de Janeiro tem 16 Restaurantes Cidadão, em oito municípios, que oferecem almoço a R$2. Ao todo, os equipamentos da região metropolitana, Baixada Fluminense, Médio Paraíba e do Norte Fluminense atendem a cerca de um milhão de pessoas por mês.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212