Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Manifestantes deixam o prédio do Ministério da Educação - Jornal Brasil em Folhas
Manifestantes deixam o prédio do Ministério da Educação


O Ministério da Educação (MEC) informou em nota que trabalhadores da área de educação, estudantes e integrantes de movimentos sociais que participavam de manifestação no edifício do ministério deixaram o local. O protesto ocorria desde o início da manhã de hoje (29) e reuniu cerca de 500 pessoas, de acordo com a Polícia Militar do DF.

Um grupo de 80 pessoas chegou a entrar no edifício-sede e no anexo do MEC. Segundo a organização da manifestação, a intenção era permanecer no local até as 17h. Às 16h20, eles já haviam deixado o prédio.

Eles protestaram contra medidas do governo, que, segundo os organizadores, podem afetar a destinação de recursos para educação e comprometer a qualidade do ensino público. Alguns manifestantes entoaram gritos de Fora Temer. Um dos principais motes era contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, enviada pelo governo interino ao Congresso Nacional. A PEC 241/16 limita o aumento do gasto público à variação da inflação oficial do ano anterior.

Os manifestantes seguravam bandeiras de organizações como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, União da Juventude Socialista (UJS), Confederação dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Sindicato dos Trabalhadores em Educação das Instituições Federais (Sintef) e Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

O MEC repudiou a manifestação, que chamou de “ato de intolerância e vandalismo, em especial os travestidos como manifestação democrática” e lamentou que “o grupo autor da invasão não tenha apresentado nenhuma reivindicação ou procurado dialogar pelas vias institucionais adequadas”.

De acordo com o MEC, a juíza federal da 6ª Vara, Ivani Silva da Luz, deferiu o pedido da pasta e concedeu liminar para que os manifestantes desocupem o edifício-sede e anexos do ministério, além de manter uma distância mínima de 500 metros do local.

Na decisão, a juíza reiterou que eles não têm o direito de invadir prédios públicos, impedir a prestação dos serviços públicos e depredar o patrimônio do Poder Público. Os manifestantes já deixaram o local.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212