Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 No Canadá, Obama critica xenofobia e populismo de Donald Trump - Jornal Brasil em Folhas
No Canadá, Obama critica xenofobia e populismo de Donald Trump


O presidente norte-americano Barack Obama voltou a fazer críticas ao millionário Donald Trump, provável candidato Republicano nas eleições presidenciais dos Estados Unidos. Os atores políticos, usando o populismo e a demagogia, escolhem o caminho mais fácil para resolver os desafios do mundo de hoje, disse ele ao se referir ao discurso populista de Donald Trump e a proposta do pré-candidato de deportar imigrantes mexicanos.

Obama falou sobre o multimilionário em declarações à imprensa durante um encontro ontem (29) com o presidente mexicano Enrique Penã Nieto e o premier canadense Justin Trudeau, em Ottawa, capital do Canadá. O presidente norte-americano disse que o discurso de Trump antimigração alimenta a xenofobia e não se sustenta.
As coisas não são assim tão simples, afirmou ele lembrando que os Estados Unidos são, essencialmente, um país de imigrantes.

Ele argumentou que, em outros momentos da história norte-americana o país já teve o sentimento antimigração explorado por demagogos. A linguagem [usada por Trump] é idêntica. Mas adivinhem? Os imigrantes continuam vindo, porque oferecemos possibilidades para seus filhos e netos, afirmou.

México

Com relação ao México, país que seria afetado caso Trump vença e cumpra as promessas de campanha, Obama disse que os Estados Unidos não são apenas amigos e vizinhos do México, mas o próprio caráter dos Estados Unidos é moldado por mexicanos-americanos que compartilham cultura, política e negócios.

Obama também criticou a proposta econômica de Trump que já sinalizou querer implementar políticas protecionistas.

A visita de Obama ao Canadá acontece alguns dias depois de Trump ter criticado os acordos entre os Estados Unidos e os vizinhos do Norte e do Sul. Trump disse que quer romper algumas alianças como o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta). Além disso, o millionário apoiou abertamente a saída do Reino Unido da União Européia, após o plebiscito realizado naquele país.

A quatro meses das eleições presidenciais, espera-se que Obama venha a atuar de maneira mais contundente em apoio à provável candidata democrata Hillary Clinton. No próximo dia 5 de julho, terça-feira, Obama participa do primeiro evento de campanha de Hillary Clinton, na Carolina do Norte.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212