Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Comércio popular do Rio se prepara para venda de fantasias de carnaval - Jornal Brasil em Folhas
Comércio popular do Rio se prepara para venda de fantasias de carnaval


A venda de fantasias para o carnaval deste ano já está movimentando o comércio popular do Rio de Janeiro. Marcelo Servos, gerente de uma das lojas mais tradicionais do ramo, a Casa Turuna, disse que as vendas no estabelecimento já aumentaram 15% este ano em relação a 2015.

A maioria dos clientes é mulher e, até agora, segundo ele, não há uma fantasia preferida entre os compradores. “É uma diversificação de todas, desde as antigas fantasias de colombina e melindrosa até as modernas, de policial.”

Na loja Silmer, localizada na Rua da Alfândega, também na região da Sociedade de Amigos das Adjacências da Rua da Alfândega (Saara), a procura por trajes para o carnaval só começou há poucos dias, de acordo com o gerente Cláudio Muniz.

Segundo ele, a crise econômica e o atraso no pagamento do décimo terceiro salário dos servidores estaduais explicam o desânimo dos foliões com o figurino. A expectativa do gerente é que as vendas aumentem a partir da próxima semana, mais perto do carnaval.

Segundo Muniz, os itens mais vendidos são os acessórios, usados pelos foliões para complementar o visual para pular carnaval nos blocos de rua. “Saias para montar fantasias, tiaras, máscaras, essas coisas mais simples”. Entre as fantasias infantis, todos os anos as mais procuradas são as de super-heróis, de acordo com o gerente.

A gerente Elisabete Machado disse que na loja onde trabalha, a Super Festas 153, as vendas de carnaval começaram a aumentar na última semana. Fantasias de Mulher Maravilha, baiana e melindrosa são as mais procuradas, junto com acessórios como leques, perucas, tiaras e chapéus divertidos.

Na loja Babado da Folia, que vende tecidos para fantasias, o que mais sai nesta época do ano são tecidos com brilho, como lamê e cetim, disse o gerente Paulo Rodrigues Fernandes. Segundo ele, são tecidos mais caros, para fazer “fantasias mais chiques, de maior luxo”.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212