Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Comércio popular do Rio se prepara para venda de fantasias de carnaval - Jornal Brasil em Folhas
Comércio popular do Rio se prepara para venda de fantasias de carnaval


A venda de fantasias para o carnaval deste ano já está movimentando o comércio popular do Rio de Janeiro. Marcelo Servos, gerente de uma das lojas mais tradicionais do ramo, a Casa Turuna, disse que as vendas no estabelecimento já aumentaram 15% este ano em relação a 2015.

A maioria dos clientes é mulher e, até agora, segundo ele, não há uma fantasia preferida entre os compradores. “É uma diversificação de todas, desde as antigas fantasias de colombina e melindrosa até as modernas, de policial.”

Na loja Silmer, localizada na Rua da Alfândega, também na região da Sociedade de Amigos das Adjacências da Rua da Alfândega (Saara), a procura por trajes para o carnaval só começou há poucos dias, de acordo com o gerente Cláudio Muniz.

Segundo ele, a crise econômica e o atraso no pagamento do décimo terceiro salário dos servidores estaduais explicam o desânimo dos foliões com o figurino. A expectativa do gerente é que as vendas aumentem a partir da próxima semana, mais perto do carnaval.

Segundo Muniz, os itens mais vendidos são os acessórios, usados pelos foliões para complementar o visual para pular carnaval nos blocos de rua. “Saias para montar fantasias, tiaras, máscaras, essas coisas mais simples”. Entre as fantasias infantis, todos os anos as mais procuradas são as de super-heróis, de acordo com o gerente.

A gerente Elisabete Machado disse que na loja onde trabalha, a Super Festas 153, as vendas de carnaval começaram a aumentar na última semana. Fantasias de Mulher Maravilha, baiana e melindrosa são as mais procuradas, junto com acessórios como leques, perucas, tiaras e chapéus divertidos.

Na loja Babado da Folia, que vende tecidos para fantasias, o que mais sai nesta época do ano são tecidos com brilho, como lamê e cetim, disse o gerente Paulo Rodrigues Fernandes. Segundo ele, são tecidos mais caros, para fazer “fantasias mais chiques, de maior luxo”.

 

Últimas Notícias

Índice de registro de imóveis pode melhorar transações no país
Programa para receber declaração do IR estará disponível segunda-feira
Paulo Guedes espera aprovação da reforma da Previdência até junho
Doria anuncia redução do aumento do preço médio do gás em São Paulo
Pesquisador em Engenharia Aeroespacial assume presidência do CNPq
Ortega anuncia retomada do diálogo com a sociedade organizada
Empresária vítima de tentativa de feminicídio no Rio deixa hospital
Atriz Fernanda Montenegro recebe alta de hospital no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212