Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Comércio popular do Rio se prepara para venda de fantasias de carnaval - Jornal Brasil em Folhas
Comércio popular do Rio se prepara para venda de fantasias de carnaval


A venda de fantasias para o carnaval deste ano já está movimentando o comércio popular do Rio de Janeiro. Marcelo Servos, gerente de uma das lojas mais tradicionais do ramo, a Casa Turuna, disse que as vendas no estabelecimento já aumentaram 15% este ano em relação a 2015.

A maioria dos clientes é mulher e, até agora, segundo ele, não há uma fantasia preferida entre os compradores. “É uma diversificação de todas, desde as antigas fantasias de colombina e melindrosa até as modernas, de policial.”

Na loja Silmer, localizada na Rua da Alfândega, também na região da Sociedade de Amigos das Adjacências da Rua da Alfândega (Saara), a procura por trajes para o carnaval só começou há poucos dias, de acordo com o gerente Cláudio Muniz.

Segundo ele, a crise econômica e o atraso no pagamento do décimo terceiro salário dos servidores estaduais explicam o desânimo dos foliões com o figurino. A expectativa do gerente é que as vendas aumentem a partir da próxima semana, mais perto do carnaval.

Segundo Muniz, os itens mais vendidos são os acessórios, usados pelos foliões para complementar o visual para pular carnaval nos blocos de rua. “Saias para montar fantasias, tiaras, máscaras, essas coisas mais simples”. Entre as fantasias infantis, todos os anos as mais procuradas são as de super-heróis, de acordo com o gerente.

A gerente Elisabete Machado disse que na loja onde trabalha, a Super Festas 153, as vendas de carnaval começaram a aumentar na última semana. Fantasias de Mulher Maravilha, baiana e melindrosa são as mais procuradas, junto com acessórios como leques, perucas, tiaras e chapéus divertidos.

Na loja Babado da Folia, que vende tecidos para fantasias, o que mais sai nesta época do ano são tecidos com brilho, como lamê e cetim, disse o gerente Paulo Rodrigues Fernandes. Segundo ele, são tecidos mais caros, para fazer “fantasias mais chiques, de maior luxo”.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro elogia Mandetta e Wagner Rosário, ministros anunciados hoje
Atos em Brasília marcam os 50 anos da Receita Federal
Temer pede que brasileiros reflitam sobre questão racial
Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
Dia da Consciência Negra é comemorado no Rio com homenagem a Zumbi
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212