Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Reino Unido: Theresa May começa a formar governo - Jornal Brasil em Folhas
Reino Unido: Theresa May começa a formar governo


Em seu primeiro dia como primeira-ministra do Reino Unido, de Theresa May apresenta hoje (14) os novos integrantes do seu governo. Na noite de ontem, pouco após assumir o cargo, ela começou a definir seus ministros.

Boris Johnson, ex-prefeito de Londres, será o novo ministro de Relações Exteriores. Johnson foi um dos defensores da saída do Reino Unido da União Europeia e também era candidato ao cargo de primeiro-ministro, mas acabou desistindo após a candidatura surpresa de Michael Gove, que antes o apoiava. Johnson tem sido criticado inclusive por líderes europeus, que o consideram irresponsável. O ex-prefeito já protagonizou cenas consideradas patéticas e tem um histórico de declarações preconceituosas.

Michael Gove foi demitido do cargo de secretário de Justiça e substituído por Liz Truss, que deixa o cargo de secretária de Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais.

Philip Hammond foi nomeado ministro das Finanças. Ele havia sido secretário de assuntos estrangeiros de David Cameron entre 2014 e 2016, tendo atuado anteriormente como secretário de Defesa e de Transporte. Ele substitui George Osborne.

Michael Fallon manteve seu posto no Ministério da Defesa, posição que ocupa desde 2014. Outro que permaneceu no cargo foi o secretário de Saúde, Jeremy Hunt, onde atua desde 2012.

Justine Greening saiu da pasta de Relações Internacionais e assume a Secretaria de Educação, substituindo Nicky Morgan. Ela também foi nomeada ministra para as Mulheres e Igualdades.

Amber Rudd é a nova ministra do Interior, cargo que May ocupava. Rudd atuava anteriormente na pasta de Energia e Mudanças Climáticas, onde trabalhou por apenas um ano.

David Davis foi nomeado para o novo cargo de secretário de Estado do Brexit, para conduzir a saída do Reino Unido da União Europeia. Ele já foi presidente do partido Conservador e, entre 2003 e 2008, foi secretário do Interior. Detalhes sobre o novo departamento Brexit ainda não foram divulgados.

Liam Fox também assumiu um cargo recém-criado como secretário de Estado para o Comércio Internacional. Ele também havia se candidatado ao cargo de primeiro-ministro, mas foi eliminado na primeira votação, após ter recebido o apoio de apenas 16 deputados.

Gavin Williamson, ex-secretário particular parlamentar de David Cameron, foi nomeado para o cargo de chefe da Bancada da Câmara dos Comuns.

Patrick McLoughlin deixa seu posto de secretário de Transportes para tornar-se presidente do Partido Conservador e chanceler do Ducado de Lancaster.

Ontem, em seu pronunciamento de posse, May afirmou que seguirá os passos do antecessor, David Cameron, a quem qualificou como um líder moderno.

Ela disse ainda que acredita não apenas na união das nações (Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales), mas na união de todos os cidadãos e afirmou que pretende fazer do Reino Unido um país de privilégios para todos. “O meu governo será guiado pelo interesses dos cidadãos britânicos, e farei o que puder para dar a vocês mais controle sobre suas vidas.”

 

Últimas Notícias

Atos em Brasília marcam os 50 anos da Receita Federal
Temer pede que brasileiros reflitam sobre questão racial
Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
Dia da Consciência Negra é comemorado no Rio com homenagem a Zumbi
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212