Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Justiça federal mantém preso em São Paulo o ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira - Jornal Brasil em Folhas
Justiça federal mantém preso em São Paulo o ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira


O ex-tesoureiro do PT, Paulo Ferreira, teve negado pedido de liberdade pela desembargadora do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) Cecília Mello. Ferreira foi preso durante a Operação Custo Brasil, um desmembramento da Operação Lava Jato para apurar o pagamento de propina, proveniente de contratos de prestação de serviços de informática, no valor de R$ 100 milhões, entre os anos de 2010 e 2015, a pessoas ligadas a funcionários públicos e agentes públicos no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

A decisão da desembargadora foi publicada ontem (13) no Diário Eletrônico da Justiça Federal da 3ª Região, em São Paulo. A defesa de Ferreira questionava uma decisão da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, que decidiu manter a prisão do ex-tesoureiro. No mês passado, o ex-ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, também preso durante a Operação Custo Brasil, teve a prisão revogada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli. Após a decisão de Toffoli, o juiz da 6ª Vara Criminal Federal paulista, Paulo Bueno de Azevedo, estendeu a concessão de liberdade para a outros detidos na operação Custo Brasil, mas manteve na cadeia Paulo Ferreira e Nelson de Freitas.

No despacho, a desembargadora Cecília Mello diz porque mantém a decisão do juiz: “Veja-se que não se trata, pelo que consta dos autos e dos depoimentos dos colaboradores Alexandre Romano e Delcídio Amaral, de mera especulação acerca da tentativa de cooptação e influência exercida por Paulo Ferreira em relação às versões dos fatos a serem declinadas em juízo pelos envolvidos. Fato é que há fundados elementos que denotam que o paciente [Ferreira] movimentou-se no sentido de arriscar-se a interferir no andamento das investigações policiais, ainda em curso”, diz a decisão.

Apesar de ter negado o pedido de liberdade feito pela defesa, a desembargadora permitiu que Paulo Ferreira visite o pai, que está em estado grave. Segundo o TRF3, os detalhes da visita devem ser definidos pelo juiz de primeiro grau, por ordem de quem o ex-tesourero está preso em São Paulo.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212