Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Após visita a Aécio, Maia fala em união de deputados e senadores - Jornal Brasil em Folhas
Após visita a Aécio, Maia fala em união de deputados e senadores


No primeiro dia na presidência da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse que é fundamental que a Câmara e o Senado trabalhem juntos na discussão dos temas de interesse da sociedade. Ele citou como prioridades projetos ligados à agenda econômica e a reforma política. Maia vai se encontrar, na tarde de hoje (14), com o presidente do Senado, Renan Calheiros.

“Nós, deputados e senadores, vamos trabalhar juntos, construir pautas em conjunto para que a gente possa superar a crise, reformar muitos temas no Brasil em conjunto. É fundamental que Câmara e Senado voltem a ter um diálogo saudável, o que deixamos de ter há muito tempo”, disse hoje (14) após visita ao senador Aécio Neves (PSDB-MG).

O primeiro ato do presidente da Câmara na Casa foi a visita ao gabinete de Aécio Neves, que é também presidente do PSDB, para agradecer o apoio a sua eleição. A legenda apoiou a candidatura de Maia.

Depois, ele passou no gabinete do senador Fernando Bezerra (PSB-PE), mas não encontrou o parlamentar. Maia esteve ainda na liderança do PMDB e do DEM, mas não encontrou parlamentares nos locais. No fim da manhã, foi recebido pelo presidente interino, Michel Temer, no Palácio do Planalto.

A reforma política foi um tema discutido com o senador Aécio Neves. “A reforma política talvez seja, fora dos temas econômicos, uma agenda urgente para que Câmara e Senado juntos possam debater e fazer mudanças um pouco mais profundas no sistema eleitoral brasileiro”, disse.

Rodrigo Maia foi eleito, em segundo turno de votação, para a presidência da Câmara com 285 votos. O deputado Rogério Rosso (PSD-DF) recebeu 170 votos. Maia ocupará o cargo até fevereiro do ano que vem.

Caso o Senado confirme o afastamento definitivo da presidenta Dilma Rousseff, o deputado fluminense passa a ser o segundo na linha sucessória do país. Em seu quinto mandato, Maia é filho do ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia, já presidiu o Democratas e foi duas vezes líder do partido.

 

Últimas Notícias

Novo governo quer evitar pautas-bombas, diz Eduardo Bolsonaro
Bolsonaro quer reduzir em 30% número de comissionados nos ministérios
Defesa de Bolsonaro tem 3 dias para explicar inconsistência de contas
Taxa de informalidade de novos ocupados chega a 74% em pesquisa Dieese
Número de blocos inscritos em carnaval de rua de São Paulo aumenta 20%
Em audiência, ANS discute nova proposta de reajuste de planos de saúde
De janeiro a setembro, 271 transgêneros foram mortos em 72 países
Novo sistema de contas estaduais deve estar ativo em dois anos

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212