Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Hillary promete processar atiradores que matarem policiais nos EUA - Jornal Brasil em Folhas
Hillary promete processar atiradores que matarem policiais nos EUA


Hillary Clinton prometeu nesta segunda-feira empregar toda a força da lei contra pessoas que matem policiais, caso se torne a próxima presidente dos Estados Unidos, depois de dois episódios recentes em que atiradores assassinaram agentes nas cidades de Dallas e Baton Rouge.

Hillary, a provável candidata presidencial democrata para a eleição de 8 de novembro, fez a promessa em um discurso em Cincinnati durante a convenção anual do grupo de direitos civis Associação Nacional para o Avanço das Pessoas de Cor.

Qualquer um que mate um policial, e qualquer um que ajude, deve ser responsabilizado, disse a ex-primeira-dama. Como presidente, usarei toda a força da lei para fazer com que aqueles que matam policiais sejam levados à justiça.

Segundo ela, as penalidades pelo assassinato de um policial são merecidamente mais severas do que aquelas do assassinato de um civil porque a polícia é um símbolo do Estado de direito.

Os comentários de Hillary ocorrem em meio a um aumento das tensões entre forças policiais e muitos negros e latinos norte-americanos, que vêm se reunindo em manifestações contra uma série de mortes de negros, muitas vezes desarmados, causadas por policiais durante abordagens.

Um ex-soldado negro matou cinco policiais durante um destes protestos em Dallas, no Texas, no dia 7 de julho. No domingo, um ex-fuzileiro naval negro matou três membros da corporação em Baton Rouge, na Louisiana.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212