Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Ibovespa tem 9ª alta seguida, supera os 56 mil pontos e chega ao maior patamar em 14 meses - Jornal Brasil em Folhas
Ibovespa tem 9ª alta seguida, supera os 56 mil pontos e chega ao maior patamar em 14 meses


SÃO PAULO - O Ibovespa subiu mais de 1% nesta segunda-feira (18), atingindo sua 9ª alta consecutiva e chegando ao seu maior patamar desde 15 de maio de 2015, quando o índice terminou o pregão em 57.248 pontos. A última vez em que a Bolsa subiu por 9 sessões consecutivas foi no fim de setembro e começo de outubro do ano passado, quando o índice subiu sem parar por 9 vezes entre os dias 29 e 9 do mês seguinte.

Nesta segunda, o benchmark firmou seu movimento de alta depois do vencimento de opções sobre ações, que movimentou R$ 2,59 bilhões. O índice também seguiu o movimento um pouco mais positivo visto pelas bolsas norte-americanas no fim da tarde, após caírem mais cedo por conta da tentativa de golpe militar realizada na Turquia na sexta-feira.

O Ibovespa subiu 1,63%, aos 56.484 pontos, superando o patamar de 56 mil pontos pela primeira vez no ano. O volume finaceiro negociado na Bovespa foi de R$ 9,836 bilhões.

A lira turca se fortaleceu neste pregão, recuperando mais da metade das perdas de sexta-feira, desencadeadas pela tentativa frustrada de golpe. Isso também afeta outras moedas emergentes e, por aqui, o dólar futuro opera com queda de 0,96%, aos R$ 3,265 na venda no after-market. Enquanto isso, o dólar comercial fechou próximo da estabilidade, com leve queda de 0,08%, a R$ 3,2497 na compra e R$ 3,2517 na venda. Nesta manhã o Banco Central colocou todo o lote de 10.000 contratos se swap reverso para venda, com valor total de US$ 500 milhões.

Enquanto isso, os juros futuros registram perdas, com o contrato para janeiro de 2018 caindo 4 pontos percentuais, para 12,66%, enquanto o DI para janeiro de 2021 tem queda de 6 pontos, atingindo os 11,96%.

Em entrevista ao canal GloboNews, o presidente interino Michel Temer afirmou que quer que os juros caiam, mas com parcimônia. Tenho pedido à equipe econômica que ao longo deste ano veja a possibilidade de se reduzir, mesmo que minimamente, os juros, porque isso causa uma ótima repercussão no mercado. Mas isso é o tempo que vai dizer.

Vencimento de opções Deste total, R$ 2,43 bilhões vieram do exercício de opções de compra e os R$ 166 milhões restantes vieram de opções de venda.

Entre as cinco opções mais movimentadas, destaque para as ações da Petrobras (PETR4), com as duas primeiras colocações. A opção de compra de PETR4 a R$ 10,00 movimentou R$ 130,56 milhões, enquanto o contrato de compra das ações a R$ 11,00 teve volume de R$ 104,65 milhões.

O terceiro contrato mais movimentado foi o de compra de Itaú Unibanco (ITUB4) a R$ 31,26, com volume de R$ 84,26 milhões. Em seguida aparece a Cielo (CIEL3) a R$ 33,81, com o contrato de compra movimentando R$ 77,63 milhões. Completa a lista as opções de compra de Vale PN (VALE5) a R$ 13,23, com volume de R$ 70,05 milhões.

Relatório Focus As expectativas sobre o tamanho da recessão neste ano foram reduzidas pelos economistas consultados pelo Banco Central. Conforme aponta o relatório Focus desta semana, a mediana das projeções para o PIB (Produto Interno Bruto) de 2016 subiram de -3,30% para -3,25%, ao passo que para o ano seguinte saltaram de 1,00% para 1,10%.

Já a inflação medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) foi mantida em 7,26% para este ano e caiu para 5,30% no ano seguinte - 10 pontos percentuais abaixo da mediana das estimativas da semana anterior. Para a taxa básica de juros, a Selic, as expectativas foram mantidas em 13,25% para 2016 e 11% em 2017.

Datafolha Segundo pesquisa Datafolha divulgada no sábado (16), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está na liderança das intenções de voto para o primeiro turno da eleição presidencial de 2018. Porém, no segundo turno, ele poderia ser derrotado pela ex-senadora Marina Silva (Rede) ou pelo ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB).

Em eventual segundo turno entre Lula e Marina, ela venceria o petista por 44% a 32%. Lula também seria derrotado, por 35% a 40%, se o candidato no segundo turno fosse Serra, considerando a margem de erro do levantamento, de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Na simulação entre Aécio Neves (PSDB-MG) e Lula, o tucano teria 38% das intenções de voto e Lula teria 36%, mesma situação que ocorreria com Geraldo Alckmin (PSDB-SP) e Lula.

Outra pesquisa do instituto mostra que, para 50% dos brasileiros, seria melhor para o Brasil que o presidente interino Michel Temer (PMDB) continue no cargo até 2018. Apenas 32% achariam melhor que Dilma voltasse. Os 18% restantes responderam nenhum, preferiram uma eleição, deram outras respostas ou disseram não saber. A pesquisa foi feita entre os dias 14 e 15 de julho.

Temer possui uma taxa de aprovação similar à de Dilma antes de deixar o cargo: 14% consideram sua gestão ótima ou boa. No início de abril, 13% tinham a mesma opinião sobre o governo Dilma. Contudo, a reprovação a Temer é muito inferior se comparada a de Dilma: o peemedebista é visto como ruim ou péssimo por 31%, cerca de metade do atribuído a Dilma (65%) antes de ser afastada.

Por fim, em uma terceira pesquisa, o Datafolha mostrou que os brasileiros estão mais otimistas sobre a economia do país. Segundo o levantamento, a expectativa sobre o futuro da economia e de sua situação pessoal atingiu o maior nível desde 2014.

O Índice Datafolha de Confiança (IDC), que calcula a expectativa econômica do entrevistado e a perspectiva sobre o país, chegou a 98 pontos em julho de 2016 - no final de 2014, era de 121 pontos. Pela metodologia do Datafolha, índices acima de 100 são considerados positivos, e abaixo disso, negativos.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212