Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Morre em São Paulo crítico de teatro Sábato Magaldi - Jornal Brasil em Folhas
Morre em São Paulo crítico de teatro Sábato Magaldi


O crítico de teatro Sábato Magaldi, um dos mais conceituados intelectuais brasileiros, morreu na noite de ontem (14), às 23h, aos 89 anos, no hospital Samaritano, em São Paulo. O velório ocorrerá das 12h às 15h, no cemitério Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes, onde o corpo será cremado. Magaldi estava internado desde o último dia 2, com um quadro de choque séptico que evolui para uma infecção pulmonar.

Sábato Magaldi era membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) e, desde a década de 1950, publicava artigos no Suplemento Literário do jornal o Estado de São Paulo. Mineiro, nascido em Belo Horizonte em 9 de maio de 1927, o intelectual era formado em direito. Morou na França entre 1950 e 1953, quando recebeu o certificado de estética da Universidade de Paris-Sorbonne, título concedido aos aprovados em cursos de psicologia e história da arte moderna.

Logo após voltar ao Brasil, foi convidado a dar aulas sobre a História do Teatro na Escola de Arte Dramática, em meio a várias atividades ligadas ao teatro. Em 2000, recebeu o título de professor emérito da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP).

Também foi secretário municipal de Cultura, durante a gestão do prefeito Olavo Setubal, em São Paulo. Obteve ainda o título de doutorado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, FFLCH/USP, em 1972, com a tese Teatro de Oswald de Andrade, e fez a livre-docência, em 1983, na ECA/USP, defendendo a tese Nelson Rodrigues: Dramaturgia e Encenações.

Sábato foi o responsável pela organização e publicação dos quatro volumes da obra Teatro Completo de Nelson Rodrigues entre 1981 a 1989. Entre outros títulos produzidos por ele estão: Panorama do Teatro Brasileiro, 1962; Iniciação ao Teatro, 1965; O Texto no Teatro, 1989; Moderna Dramaturgia Brasileira, 1998; Depois do Espetáculo, 2003; Teatro da Ruptura: Oswald de Andrade e Teatro da Obsessão: Nelson Rodrigues, 2004.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212