Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Incêndio que matou duas pessoas deixa 350 famílias sem casa em favela de SP - Jornal Brasil em Folhas
Incêndio que matou duas pessoas deixa 350 famílias sem casa em favela de SP


Pelo menos 350 famílias ficaram sem casas após o incêndio que atingiu, na madrugada de hoje (18), a Ocupação Douglas Rodrigues, na Vila Maria, zona norte da capital paulista. De acordo com a Defesa Civil, duas pessoas morreram. No terreno, ocupado por cerca de 2,6 mil famílias desde 2013, havia um galpão sob o qual estava a maioria dos barracos de madeira. Neste local se concentrou o fogo.

Apesar do número oficial da Defesa Civil, a organização não-governamental Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos, que acompanha a ocupação desde o início, estima que o número de barracos atingidos seja de mais de 400.

De acordo com a organização, o terreno é de uma empresa e foi abandonado desde que a companhia deixou o local. Os ocupantes teriam revitalizado a área e a transformado em área habitacional. Segundo a ong, seus advogados já conseguiram a suspensão da reintegração de posse pelo menos quatro vezes.

Doações

Uma das principais reivindicações da ong é a de que o Judiciário regularize a área, já que a empresa deve mais de R$ 1 bilhão à União. Na avaliação do Centro Gaspar de Direitos Humanos, a Justiça Federal deveria julgar a ação, o que facilitaria a utilização do terreno para moradia social. Outro argumento é que, pela Nova Lei de Zoneamento de São Paulo, o terreno fica em área de Zeis (Zonas Especiais de Interesse Social).

A ong está centralizando doações para os moradores na Rua Dom Rodó, 140, Ponte Pequena, e na própria ocupação na Rua Manguari, 250. As doações podem ser roupas, comida, água, itens de higiene pessoal, colchões, material de construção, eletrodomésticos, botijão de gás, móveis.

De acordo a assessoria de imprensa da prefeitura, o incêndio que atingiu a comunidade na Rua Maguari, região da Vila Maria, destruiu cerca de 350 barracos. O fogo foi extinto e a área permanece isolada pelos agentes da Defesa Civil, que atuam no local desde o início da ocorrência.

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) informou que está atendendo as famílias e que, até o momento, distribuiu 900 colchões, 900 cobertores e 407 cestas básicas.

Conforme a secretaria, nenhum morador aceitou encaminhamento para centros de acolhida. As famílias interessadas nos serviços de assistência social também podem procurar o CRAS Vila Maria, das 8h às 18h, na Praça Santo Eduardo, 162.

* A matéria foi alterada às 19h33 para inclusão de informações da prefeitura e da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento de São Paulo.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212