Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Ex-fuzileiro naval mata três policiais nos Estados Unidos - Jornal Brasil em Folhas
Ex-fuzileiro naval mata três policiais nos Estados Unidos


Três policiais foram mortos e três ficaram feridos – um deles gravemente – em razão de um tiroteio hoje (17) em Baton Rouge, capital de Louisiana, nos Estados Unidos. O atirador, identificado como Gavin Longo, ex-fuzileiro naval, foi morto a tiros pela polícia.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, condenou o tiroteio. Ataques contra a polícia são ataques contra todos nós e e contra o Estado de Direito que torna a sociedade possível, disse o presidente. Ele pediu também que os americanos façam esforços para unir o país, em vez de buscar a divisão. Nós, como uma nação, temos que ter alto e claro que nada justifica a violência na aplicação da lei, disse Obama.

O superintendente da polícia do estado de Louisiana, coronel Mike Edmonson, disse em entrevista que o atirador agiu sozinho, ao contrário de relatos iniciais, de que a polícia estaria à procura de outros atiradores.

A polícia não esclareceu se há alguma relação entre a morte dos policiais, hoje, e a morte de dois homens negros, em ação da polícia, este mês. Um dos homens, Alton Sterling, 37 anos, morreu na própria cidade de Baton Rouge, em 5 de julho; e Philando Castile, 32 anos, morreu perto de Saint Paul, no estado de Minnesota, no dia seguinte. Ambos os ataques foram feitos por policiais em circunstãncias ainda não esclarecidas.

O governador da Louisiana, John Bel Edwards, chamou o tiroteio de um indizível ataque hediondo.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212