Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Bombeiros podem levar acidentados com plano de saúde para hospital particular - Jornal Brasil em Folhas
Bombeiros podem levar acidentados com plano de saúde para hospital particular


As vítimas de acidentes, socorridas por equipes do Corpo de Bombeiros, e com plano de saúde, poderão ser levadas, a partir de agora, para hospitais particulares no Rio de Janeiro. Antes, a determinação era que as vítimas fossem atendidas em hospitais da rede pública e, depois de estabilizadas, transferidas para instituições privadas. A lei foi sancionada pelo governador em exercício, Francisco Dornelles, e publicada no Diário Oficial do Estado de hoje (19).

O projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) é de autoria do deputado Jorge Picciani (PMDB), presidente da casa legislativa, em conjunto com os deputados Samuel Malafaia (DEM) e Dionísio Lins (PP). Na justificativa encaminhada ao governador, para sanção da lei, os parlamentares citam a situação de caos da saúde pública no estado.

Segundo os parlamentares, a medida visa a minimizar a superlotação das emergências dos hospitais da rede pública, abrindo espaço para o atendimento às pessoas que não têm plano de saúde e dependem exclusivamente dos hospitais públicos. Dizem eles que o cidadão que paga pelo plano de saúde tem o direito de ser atendido em hospitais credenciados pelo seu plano, inclusive em casos socorridos pelo Corpo de Bombeiros. Deste modo, haverá mais leitos disponíveis nos hospitais da rede pública para os cidadãos que não podem pagar pelo atendimento privado.

Os acidentados, de acordo com a lei, serão levados para hospitais públicos, desde que a remoção não comprometa a qualidade do primeiro socorro. O encaminhamento será feito, caso seja possível a identificação imediata do hospital particular mais próximo a que o acidentado tenha direito e ofereça atendimento de emergência.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212