Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Unesco anuncia oito novos patrimônios da Humanidade - Jornal Brasil em Folhas
Unesco anuncia oito novos patrimônios da Humanidade


O Comitê de Patrimônios Mundiais da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) acaba de incluir mais oito locais em sua lista.

No último domingo (17), a Unesco anunciou que os novos patrimônios se encontram no Canadá, Chade, na China, no Iraque, Irã, México e Sudão e que um deles é transnacional e está no Cazaquistão, Quirguistão e Uzbequistão.

No centro-oeste da China, está o Hubei Shennongjia, um paraíso natural que conta com uma das mais importantes florestas primárias do país e que é lar de algumas especies raras de animais, como o urso-negro-asiático, o leopardo-nebuloso, a salamandra-gigante-da-China e o macaco rhinopithecus.

Também importante para a fauna local, principalmente para baleias, golfinhos, tubarões e aves marinhas, é o Arquipélago de Revillagigedo, no México, formado por quatro ilhas que, na realidade, são cumes de vulcões.

Já na Ilha de Newfoundland, no Canadá, encontra-se a Reserva Ecológica Mistaken Point, formada por íngremes desfiladeiros de 17 quilômetros de comprimento no total que contam com fósseis do período ediacarano.

A Unesco também incluiu os pântanos Ahwar, no Iraque, onde se encontram antigas cidades mesopotâmicas. Já no Irã, o patrimônio é o deserto de Lut, ou Dasht-e Lut, o lugar mais quente do mundo com temperaturas que passaram dos 70 graus em 2005, e lar das dunas mais altas do planeta, que chegam a até 300 metros.

Na África estão mais três patrimônios: o primeiro é o Planalto Ennedi, no Nordeste do Chade, onde água e vento esculpiram cânions e vales, o segundo é o Parque Marinho Nacional de Sanganeb e a Baía de Dundonab e o terceiro é o Parque Marinho Nacional da ilha de Mukkawar.

Já o último Patrimônio da Humanidade está entre os países de Cazaquistão, Quirguistão e Uzbequistão. O Tien-Shan ocidental, como é chamado o local, tem altitudes de 700 metros a 4,5 mil metros e paisagens exuberantes.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212