Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Estado Islâmico reivindica ataque em trem; autoridades alemãs não confirmam - Jornal Brasil em Folhas
Estado Islâmico reivindica ataque em trem; autoridades alemãs não confirmam


O grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou hoje (19) o ataque, com faca e machado, provocado por um jovem afegão de 17 anos em um trem em Wurzburg. O atentado ocorreu ontem (18) e deixou quatro pessoas feridas.

O autor do esfaqueamento na Alemanha é um combatente do Estado Islâmico e realizou esta operação em resposta aos apelos para atingir a coalizão que combate o Estado Islâmico, escreveu a agência dos jihadistas, a Amaq, citando fontes de sua segurança. A fala é praticamente a mesma da reivindicação de outro ataque, ocorrido em Nice, na França, no dia 14.

Autoridades do governo alemão confirmaram que foi encontrada uma bandeira do Estado Islâmico no apartamento onde o jovem vivia na Baviera. Porém, ressaltaram que ainda é cedo afirmar que o grupo terrorista está por trás do ataque.

Nós soubemos da reivindicação do EI, mas preciso dizer que as investigações ainda estão em curso e, até agora, não emergiram indícios sobre uma ligação do jovem de 17 anos com a rede do EI, disse o ministro do Interior, Joachim Herrmann, em entrevista à mídia do país. Ele ainda acrescentou que pessoas próximas ao rapaz informaram que ele era calmo, raramente ia à mesquita, e não era um radical aparente.

Segundo o titular da pasta, diversas testemunhas afirmaram que o rapaz gritou a frase Allahu Akbar (Deus é grande, em tradução livre) antes de começar a atingir as pessoas com um machado. Herrmann deu mais detalhes sobre as buscas no apartamento do jovem.

O ministro contou que um documento escrito em pashto, uma das línguas usadas no Afeganistão, encontrado no quarto do jovem indicava que ele se auto-radicalizou. Ele ainda acrescentou que as informações de que o rapaz tenha chegado ao país como refugiado não procedem e que não há indícios de como ele chegou à Alemanha.

Um bilhete de despedida também teria sido encontrado no apartamento e teria sido escrito como um adeus ao seu pai e um encorajamento para que os muçulmanos defendam sua religião.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212