Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Três presos por espetaculares roubos a bancos em Nova York - Jornal Brasil em Folhas
Três presos por espetaculares roubos a bancos em Nova York


Três homens americanos foram presos e acusados formalmente nesta terça-feira por abrir com um maçarico uma passagem às câmaras de segurança de dois bancos em Nova York e roubar mais de 5 milhões de dólares em um golpe digno de filme.

Os suspeitos foram detidos após uma minuciosa investigação da polícia e do FBI (a polícia federal americana) dos roubos de uma filial do banco HSBC no bairro do Brooklyn, em abril, e de outro no banco Maspeth Federal Savings Bank, no bairro do Queens, em maio, informaram as autoridades.

Os três acusados faziam parte de uma equipe que perfurou os tetos e as câmeras de segurança dos bancos com maçaricos de acetileno.

Após forçar o trinco das caixas-fortes, conseguiram levar milhões de dólares em dinheiro vivo, diamantes, joias e outros objetos de valor, indicaram os promotores.

Do HSBC foram levados 330.000 dólares e do banco Maspeth roubaram 296.000 em dinheiro vivo e 4,3 milhões de dólares em objetos de valor.

Estes assaltos parecem cenas tiradas do filme Fogo Contra Fogo, o trabalho de um grupo que estava bem organizado, era meticuloso e escapava das forças de ordem, comentou o inspetor da Polícia de Nova York, Bill Bratton.

No filme de Hollywood de 1995, Fogo Contra Fogo, que conta com as estrelas Robert de Niro e Al Pacino, um grupo de ladrões assaltam um banco, mas deixam uma digital.

Nossas equipes forenses buscaram qualquer resto de prova apesar de os ladrões deixarem poucos rastros, indicou Bratton.

No roubo do banco no Queens, os ladrões construíram uma cabana de madeira compensada no teto para se esconderem.

A polícia conseguiu deter os três homens depois de rastrear a origem da madeira compensada em uma serralheria e os trincos em um soldador do Brooklyn, informou a polícia.

Se forem condenados, os três suspeitos poderiam ser punidos com 20 anos de prisão.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212