Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Chavismo pede anulação de aliança opositora por fraude eleitoral - Jornal Brasil em Folhas
Chavismo pede anulação de aliança opositora por fraude eleitoral


O governante Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) pediu nesta terça-feira ao Conselho Nacional Eleitoral (CNE) o cancelamento da inscrição como legenda da opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD), que solicita a ativação de um referendo revogatório do mandato do presidente Nicolás Maduro, por fraude eleitoral no processo.

Viemos solicitar o cancelamento da inscrição do partido político MUD por estar incurso na mais gigantesca fraude eleitoral de nossa história, disse o governista Jorge Rodríguez em declarações a jornalistas na sede do Poder Eleitoral em Caracas.

Rodríguez afirmou que a solicitação se deve às supostas irregularidades cometidas durante a coleta de assinaturas para solicitar a ativação do referendo, entre as quais citou a inclusão de dados de falecidos, inabilitados políticos e menores de idade.

O governista destacou que o CNE está obrigado a atender este requerimento do chavismo imediatamente e de forma expedita, embora tenha evitado falar sobre as consequências que teria esta solicitação, se for aprovada, no processo para revogar o mandato de Maduro que é impulsionado pela oposição.

Como se vai ativar um artigo da Constituição (o referendo revogatório) com um embasamento tão profundamente manchado?, se perguntou o governista depois de se reunir com a presidente do CNE, Tibisay Lucena, a quem entregou o documento com a solicitação de anulação.

No último mês de junho o chavismo apresentou um requerimento perante o Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) pela suposta fraude nas assinaturas apresentadas pela oposição para solicitar a ativação do referendo.

A MUD, por sua parte, deve marchar amanhã até a sede do CNE em Caracas para pedir ao Poder Eleitoral que convoque a nova fase do processo para o revogatório, que consiste em colher manifestações de vontade equivalentes a 20% dos inscritos no Cartório Eleitoral, o que representa o apoio de cerca de quatro milhões de eleitores

 

Últimas Notícias

Operação da PF investiga desvios de R$ 140 milhões do SUS no Amazonas
Caiado reforça compromisso com o Entorno
Operação prende líder de organização que aplicava golpes pela internet
Secretaria anuncia fim de mais 13 UPPs no Rio até o fim do ano
PF prende suspeitos de tráfico internacional de drogas
Polícia Civil e Senasp deflagram ação conjunta no DF e em 6 estados
Estudante da UFPR é agredido a garrafadas por apoiadores de Bolsonaro
Sistema de radar pode reduzir impactos na Baía de Guanabara

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212