Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Hillary torna-se 1ª mulher candidata à presidência dos EUA por grande partido - Jornal Brasil em Folhas
Hillary torna-se 1ª mulher candidata à presidência dos EUA por grande partido


A ex-secretária de Estado e ex-primeira-dama dos Estados Unidos, Hillary Clinton, tornou-se nesta terça-feira a primeira mulher a ser nomeada candidata à presidência do país por um de seus dois maiores partidos - neste caso, o Democrata.

Na convenção do partido, realizada no ginásio Wells Fargo Center, na Filadélfia, Hillary foi eleita por aclamação a pedido de seu rival nas primárias, o senador Bernie Sanders.

Os delegados democratas de todo o país já a haviam eleito formalmente como candidata quando Hillary superou os 2.383 votos necessários com os apresentados por Dakota do Sul.

No final da votação, Hillary obteve o apoio de 2.842 delegados, enquanto Sanders recebeu o apoio de 1.865 e houve 56 abstenções.

O estado de Sanders, Vermont, pediu para ser o último a votar e, quando chegou a vez, senador cedeu todos os delegados que apoiavam sua candidatura na Convenção Democrata e pediu uma votação unânime em favor da ex-secretária de Estado.

Dessa forma, Hillary foi eleita por aclamação, entre aplausos e gritos dos presentes no ginásio, graças ao fato de que Sanders imitou hoje o elegante gesto que a ex-primeira-dama teve em 2008 com o então senador Barack Obama na Convenção Democrata em Denver (Colorado).

Na ocasião, alguns delegados votaram em Hillary, a perdedora das primárias, mas ela, como parte da delegação de Nova York, pediu que a votação fosse interrompida para que Obama fosse proclamado candidato presidencial de maneira unânime.

Sanders e sua mulher, Jane, presenciaram ao vivo a votação da convenção, enquanto Hillary a acompanhou de sua casa em Nova York, de acordo com a direção de sua campanha.

A senadora Barbara Mikulski, a mais veterana da câmara alta com quase 30 anos no cargo, foi a encarregada de apresentar oficialmente a candidatura presidencial de Hillary em nome de todas as mulheres que, como elas duas, quebraram barreiras.

Também falou em favor de Hillary o congressista negro John Lewis, que destacou que os democratas são o partido do futuro, porque já nomearam Obama, o primeiro afro-americano a chegar à Casa Branca, e agora transformaram a ex-secretária de Estado na primeira mulher candidata da história por um dos grandes partidos dos EUA.

 

Últimas Notícias

Governadores do Nordeste fecham agenda única para levar a Bolsonaro
Marcha da Consciência Negra pede democracia, direitos e fim do racismo
Bolsonaro diz que vai seguir normas legais para indicação à PGR
Projeto que flexibiliza Lei da Ficha Limpa é arquivado do Senado
Conselho de Ética da Câmara arquiva representação contra Laerte Bessa
Reunião do Escola sem Partido é novamente suspensa em comissão mista
Eunício e equipe do futuro governo voltam a discutir cessão onerosa
Brasil encerra o ano com vitória sobre Camarões por 1 a 0

MAIS NOTICIAS

 

Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
 
 
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
 
 
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
 
 
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados
 
 
Bolsonaro confirma Mandetta para a Saúde
 
 
México habilita 26 empresas brasileiras para compra de carne de frango

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212