Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 8 mentiras muito comuns sobre dinheiro que deixam você mais endividado - Jornal Brasil em Folhas
8 mentiras muito comuns sobre dinheiro que deixam você mais endividado


Dívidas são, sem sombra de dúvida, uma das piores coisas que qualquer pessoa pode fazer com as suas finanças. Afinal de contas, com os juros altos como os que são cobrados no Brasil, se endividar pode ser, muitas vezes, entrar em um poço sem fundo de problemas. A colunista do site Business Insider Libby Kane conversou com a especialista em finanças Patrice C. Washington que listou oito mentiras sobre dinheiro que podem nos manter endividados.

1 – “Eu não sei nada sobre dinheiro” Hoje em dia, com tanta informação disponível em tantos lugares, essa não é uma desculpa aceitável. Claro que nem toda informação é boa, mas querer mentir dizendo que “não entende nada” é se acomodar em fazer as coisas erradas. Não é preciso ser um expert de finanças, mas ao menos o básico é importante entender, até para fazer as melhores escolhas de investimento.

2 – “Eu trabalho duro, então mereço esse luxo” O ponto de Washington nesse caso é simples: ninguém duvida que você trabalha duro, mas por que você precisa de uma recompensa? Ao invés de inventar uma nova desculpa a cada mês para desperdiçar seu dinheiro, vale mais a pena se perguntar o que acontece e ter uma atitude mais proativa com dinheiro.

3 – “Era uma emergência” Uma emergência é uma situação perigosa e inesperada que pede por uma ação imediata. Assim, uma conta que acontece todo ano, como o imposto de seu carro, por exemplo, não pode ser considerada uma emergência. É preciso estar preparado para pagá-la. Claro que existem emergências sérias com dinheiro, mas é importante não sair gastando as reservas com qualquer coisa.

4 – “Comprei na promoção” “Quando as pessoas me dizem isso, eu gosto de dizer: ‘o problema não é o desconto de 50% que você conseguiu – são os 50% que você pagou por algo que não precisa”, diz Washington. Se você está endividado e com contas para pagar, não interessa se o produto está na promoção ou não, ele não é para você.

5 – “Se eu ganhasse mais, seria mais fácil” Basta conferir a imensa quantidade de celebridades que ganharam milhões e faliram para saber que essa afirmação não é verdadeira. Ter mais dinheiro não é garantia de que você fará escolhas mais sábias com ele. “A maneira como você gerencia US$ 100 é provavelmente a mesma que você gerenciaria US$ 100 mil”, comenta. Você é a mesma pessoa com as mesmas atitudes e comportamento, não é sobre ganhar mais dinheiro, mas sim sobre manter mais disciplina.

6 – “Depois eu começo” Se você de fato quer mudar seus hábitos ou fazer qualquer coisa acontecer, não precisa esperar o novo ano, ou seu aniversário ou qualquer outra data para organizar as contas. Uma desculpa pode ser encontrada em qualquer momento, mas o importante é mudar o quanto antes.

7 – “Não ganho o suficiente para poupar” Essa é outra mentira que não faz sentido na grande maioria dos casos. Caso você realmente não ganhe o suficiente para poupar nem um pouco, é importante descobrir como aumentar a receita, seja pedindo um aumento, ou ainda fazendo algum trabalho extra.

8 – “Essa dívida não é ruim” Não existe dívida boa. Washington explica que quando uma pessoa acredita que uma dívida é ruim, isso elimina a urgência de pagá-la o quanto antes. “A única dívida boa é aquela que você não deve mais”, explica.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212