Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Holandeses são os mais altos do mundo e guatemaltecas, as mais baixas - Jornal Brasil em Folhas
Holandeses são os mais altos do mundo e guatemaltecas, as mais baixas


Os homens da Holanda e as mulheres da Letônia são as pessoas mais altas do mundo, e os timorenses e as guatemaltecas, as mais baixas, enquanto os que mais cresceram no último século foram os iranianos e as sul-coreanas, segundo um estudo da Imperial College London (ICL) publicado nesta terça-feira.

Os holandeses têm uma altura média de 1,82 metro, e as letãs de 1,70 m, enquanto os homens do Timor Leste medem cerca de 1,60 m e as mulheres guatemaltecas 1,49 m, segundo números de 2014.

Os belgas, estonianos e letões se situam em segundo, terceiro e quarto lugar, respectivamente, enquanto a mesma ordem é ocupada pelas holandesas, estonianas e tchecas.

O estudo, elaborado por 800 pesquisadores, revela que as sul-coreanas e os iranianos são os que mais cresceram no último século: elas, 20,2 centímetros, e eles, 16,5 no período 1914-2014, um recorde.

A título de comparação, os (e as) americanos(as) cresceram apenas 6 e 5 centímetros, em média, nesse período.

Nosso estudo mostra que os países anglo-saxões, particularmente os Estados Unidos, se situam atrás de outros países europeus e da Ásia-Pacífico com alta renda, especialmente devido aos problemas de obesidade dos primeiros, explica Majid Ezzati, professor da Escola de Saúde Pública do ICL, diretor do estudo.

A maneira de crescer está fortemente influenciada pela alimentação e por fatores ambientais, embora os genes também tenham um papel importante, destacam os autores da pesquisa.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212