Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Como conquistar a liberdade profissional com um negócio online - Jornal Brasil em Folhas
Como conquistar a liberdade profissional com um negócio online


Ter mais liberdade para fazer as coisas que realmente gosta e melhorar sua qualidade de vida são os desejos da maioria das pessoas em todo o mundo, certamente. O arquiteto Bruno Picinini conseguiu realizar estes sonhos ao criar o seu empreendimento digital. A fim de propagar seu conhecimento para o maior número de pessoas possível, ele idealizou os sites Empreendedor Digital (www.empreendedor-digital.com) e o Férias Sem Fim (feriassemfim.com), em que fornece dicas e conta passo a passo como conseguiu montar um negócio online rentável em pouco tempo e sem muitas complicações, tornando-se seu próprio chefe, usufruindo de horários flexíveis e ganhando liberdade para fazer mais atividades prazerosas.
Picinini faz questão de salientar, contudo, que não se trata de ganhar dinheiro fácil, sendo necessário “arregaçar as mangas” e trabalhar seriamente e com organização para alcançar seus objetivos.
Formado em arquitetura, ele aproveitou ao máximo a faculdade, cursando diversas disciplinas, que conciliava com outras atividades acadêmicas, práticas esportivas e estágios profissionais, inclusive no exterior, especificamente na Alemanha e na Austrália, onde permaneceu por seis meses em cada local e trabalhou como garçom para ajudar a custear os estudos.
Após sua formação, mesmo gostando do que fazia, a prática profissional na área durou apenas um mês. Isto porque começou a se interessar e pesquisar pelo assunto empreendedorismo digital. Inicialmente, pensava na expansão de seu escritório, mas acabou sendo levado para outro caminho totalmente inesperado, o que o fez deixar a profissão. “Quando as pessoas perguntam porque eu mudei, sempre respondo o mesmo: Eu não tive outra opção. Realmente, quando comecei a ler a respeito, eu não conseguia pensar em mais nada”, afirma.
Para amadurecer sua ideia, Picinini mergulhou em um mundo de artigos, livros, vídeos, áudios, cursos e eventos. O objetivo era que o caminho a seguir ficasse mais claro. Em certo momento, contudo, ele deu um tempo na leitura e no aprendizado, por acreditar que valia mais a pena colocar a mão na massa, dedicar-se com afinco e construir seu negócio online. “A maioria fica muito tempo pensando e pensando. A minha experiência diz que é melhor colocar uma versão básica no ar e ver o que acontece. Pode ser que a resposta seja zero ou que muitas delas apareçam. É com este feedback que se vai construindo e ajustando”, destaca.
Em menos de 30 dias, Picinini montou seu primeiro empreendimento digital. Isto foi em 2010. Tratava-se de uma plataforma básica, um esboço para muitas outras tentativas que se seguiriam. Picinini aventurou-se então em diversos segmentos, chegando a vender, sempre online: furadeiras, máquinas de café, panelas de ferro, máquinas de fazer suco, desidratadores, aparelhos e equipamentos de ginástica, mesas de DJ, ar condicionado e até guias de como comprar um barco. “Cheguei a ter mais de 100 sites espalhados literalmente mundo afora, na Índia, Itália, Finlândia, Alemanha, etc.”, relata.
Foram diversos nichos nos quais trabalhou até conseguir se achar e realizar o que faz hoje: auxiliar as pessoas a criarem, totalmente do zero, um negócio online, mesmo sem nunca terem trabalhado com marketing digital ou algo parecido. Principalmente, por meio de seu site feriassemfim.com, Picinini mostra que é possível fazer isto sem muito custo inicial e de maneira até rápida para ganhar de R$ 3 mil até R$ 20 mil em 90 dias. Ele mesmo desafiou-se, montando um empreendimento digital em que comercializa ebook digital para alimentação de pets. Picinini relata que trabalha em seu empreendimento apenas duas horas por dia, sem contar os fins de semana e que ele lhe rendeu, durante um semestre, cerca de R$ 15 mil mensais.
Atualmente, em razão dos milhares de seguidores que conquistou por conta dos ensinamentos que difunde, Picinini oferece cursos e palestras. Não obstante, não deixou de usufruir a vida. Já conheceu mais de 46 países e passou um ano inteiro viajando pelo Sudeste da Ásia. Trabalhando 100% online com seus negócios, Picinini conquistou sua liberdade e melhorou sua qualidade de vida. Assim, ele acredita que todas as pessoas podem fazer o mesmo.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212