Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Universidade do SUS abre curso de atendimento a pacientes com tuberculose e HIV - Jornal Brasil em Folhas
Universidade do SUS abre curso de atendimento a pacientes com tuberculose e HIV


Com o intuito de capacitar os profissionais de saúde no atendimento e tratamento da coinfecção Tuberculose e HIV, a Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) em parceria com a Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (SVS/MS) está com inscrições abertas até 20 de novembro para o curso Organização de Serviços para Atendimento de Pessoas Coinfectadas por Tuberculose e HIV. As inscrições podem ser feitas pelo site da Universidade.

Com carga horária de 15 horas, o curso é voltado para profissionais de nível superior, que manejam antirretrovirais – medicamentos que combatem o HIV – e é composto por quatro atividades educacionais, que abordam desde a realização de exames e acompanhamento clínico até a definição de fluxos para adoção de medidas para controle de infecção e a oferta de medicamentos.

Segundo o diretor-adjunto do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais (DDAHV), Marcelo Freitas, ter profissionais de saúde capazes de oferecer um cuidado qualificado é fundamental para melhor enfrentamento das doenças. “Este curso é uma ferramenta essencial. Com uma rede de serviços organizada, os coinfectados Tuberculose e HIV terão atendimento qualificado, o que deverá repercutir na redução de mortalidade e melhoria na qualidade de vida”, explica Marcelo.

O curso possui um ambiente de fácil navegação, com conteúdo didático e prático. Além disso, permite ao aluno realizar o download dos conteúdos quando estiver utilizando a internet e estudar, mesmo quando estiver offline.

Entenda a TB-HIV

Coinfecção é quando o organismo sofre com duas ou mais doenças ao mesmo tempo. Em soropositivos, as coinfecções dificultam o tratamento, pois debilitam ainda mais a saúde do paciente. Nesse caso, são necessárias estratégias específicas para facilitar o acompanhamento e evitar interações entre os medicamentos. Com o tratamento adicional, podem surgir novos efeitos colaterais.

A coinfecção Tuberculose e HIV ainda é uma condição que causa grande impacto na mortalidade de pessoas vivendo com HIV/Aids (PVHA), pois estão mais propensas a desenvolver tuberculose ativa do que a população em geral.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212