Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Abr de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Desemprego na União Europeia atinge nível mais baixo desde 2009 - Jornal Brasil em Folhas
Desemprego na União Europeia atinge nível mais baixo desde 2009


A taxa de desemprego entre os 28 países da União Europeia (UE), fixada em 8,6%, atingiu seu nível mais baixo desde a primavera de 2009, segundo o Eurostat, escritório de estatística da UE. Entre os jovens com menos de 25 anos, a taxa de desemprego é de 18,6%, representando mais de 4 milhões de desempregados.

Em maio deste ano, as taxas mais baixas (entre jovens) foram observadas em Malta (6,9%), Alemanha (7,2%) e República Checa (10,1%). As taxas de desemprego mais elevadas foram registradas na Grécia (50,4%, em março de 2016), Espanha (43,9%) e Itália (36,9%). Em comparação com maio do ano passado, houve uma diminuição de 503 mil jovens sem ocupação.

O nível de desemprego total, que é medido entre pessoas de todas as idades, teve índice mais baixo registrado na República Checa (4%) e mais alto na Grécia (24%), seguida por Espanha, Croácia e Chipre. Portugal está na quinta posição entre os países com maiores índices de desemprego, com 11,6%.

O Eurostat estima que mais de 21 milhões de homens e mulheres estavam desempregados em maio de 2016 na União Europeia. Na comparação com o mesmo período do ano anterior, houve redução de mais de 2 milhões de desempregados.

De acordo com a sondagem do Eurobarômetro, estudo requisitado pelo Parlamento Europeu, três entre quatro europeus pedem mais intervenção da União Europeia na luta contra a falta de postos de trabalho.

Diante disto, o presidente da Comissão Parlamentar do Emprego e dos Assuntos Sociais, Thomas Händel, pediu aos líderes da União que “reúnam esforços para garantir investimento e alta qualidade para a sustentabilidade laboral”.

O Eurobarômetro indica que a luta contra o desemprego vem em segundo lugar na lista de prioridades dos europeus, logo após o terrorismo. Conforme os dados, 77% dos quase 28 mil entrevistados querem mais intervenção da União Europeia no combate ao desemprego, enquanto 69% sente que os esforços da UE não são suficientes na luta contra o desemprego.

Em uma tentativa de combater o problema, os eurodeputados aprovaram, em fevereiro deste ano, uma medida que reformula a rede de empregos, de modo a facilitar a procura de ofertas no mercado de trabalho em toda a União Europeia.

Brasil

A iniciativa tem por objetivo apoiar os jovens que não estejam estudando e que não tenham emprego ou formação. Em julho, aprovaram uma resolução que visa à atualização a longo prazo do plano de financiamento da UE para lidar com o desemprego, particularmente na faixa etária jovem.

No Brasil, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgados semana passada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego ficou em 11,3% no trimestre encerrado em junho deste ano. A taxa é superior aos 10,9% observados em março deste ano e aos 8,3% do trimestre encerrado em junho de 2015.

Segundo a pesquisa, o contingente de desocupados chegou a 11,6 milhões de pessoas, 4,5% (ou 497 mil pessoas) a mais do que no trimestre anterior.

 

Últimas Notícias

Ex-presidente do Peru tenta se matar ao receber ordem de prisão
Ex-presidente do Peru está em estado grave após tentativa de suicídio
Governo argentino lança pacote de medidas para combater inflação
PRF apreende no Rio 300 mil maços de cigarros contrabandeados
Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial
Governo autoriza uso da Força Nacional para segurança na Esplanada
Chega a 18 número de mortos no desabamento no Rio de Janeiro
Fachin pede manifestação de Moraes sobre inquérito de fake news

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - EXPEDIENTE