Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 "Não poderia continuar sendo insensível", diz Iris ao anunciar candidatura - Jornal Brasil em Folhas
"Não poderia continuar sendo insensível", diz Iris ao anunciar candidatura


Um dia antes de finalizar o prazo para que os partidos oficializem os nomes para a disputa eleitoral deste ano, o peemedebista Iris Rezende (PMDB-GO) voltou a ser notícia e movimentou o cenário político goiano. O ex-governador, que já tinha anunciado sua aposentadoria política, confirmou nesta quinta-feira (4/8), durante coletiva de imprensa, que será candidato a prefeito de Goiânia.

O anúncio foi feito no diretório político do peemedebista, em Goiânia. O local foi tomando por militantes do partido e de outras lideranças políticas que apoiam a candidatura de Iris. Sobre uma possível aliança com o PSDB, partido do governador Marconi Perillo, Iris se limitou a dizer que “candidato que se preze não dispensa voto nem apoio”.

Já fontes de dentro do partido afirmam que tal aliança seria carta fora do baralho. O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que esteve presente no evento, afirmou que, caso o PSDB componha a chapa, o Democratas estaria fora da aliança. "É impossível essa aliança", disse em entrevista coletiva. "São partidos que pensam diferente. É uma união que não causa nenhuma simpatia na população", completou.

Discurso
Durante o discurso, Iris Rezende afirmou que teria anunciado sua aposentadoria para que o partido pudesse escolher outro nome para a disputa, mas que nos últimos dias foi muito pressionado e que não poderia ser insensível ao pedido.

"Nunca o homem público pode se radicalizar, ele deve ser sensível ao sentimento das pessoas. Eu sempre procurei atender os anseios do povo. Eu tomei aquela atitude antes [anunciar a aposentadoria política] para dar tempo ao partido de escolher o candidato a prefeito. Mas comecei a ser pressionado, e eu cheguei à conclusão de que não poderia continuar sendo insensível", justificou.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212