Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mercosul: Macri, Cartes e Temer vão analisar situação venezuelana após o dia 12 - Jornal Brasil em Folhas
Mercosul: Macri, Cartes e Temer vão analisar situação venezuelana após o dia 12


Fontes do governo brasileiro informaram nesta sexta-feira (5) que os governantes da Argentina, do Brasil e do Paraguai mantiveram uma reunião para estudar a situação da Venezuela ante a falta de consenso sobre a presidência do Mercosul.

De acordo com as fontes consultadas pela Télam, em uma breve reunião, os presidentes Mauricio Macri, da Argentina, e Horacio Cartes, do Paraguai, acertaram com hoje com o presidente interino do Brasil, Michel Temer, analisar a situação da Venezuela no bloco depois do dia 12 deste mês.

No próximo dia 12, vence o prazo para que a Venezuela conclua a adesão à norma do bloco sul-americano e, depois dessa data, segundo o que foi acordado, os três países voltarão a fazer consultas sobre a situação gerada após a transferência da presidência do bloco do Uruguai à Venezuela.

Os presidentes da Argentina, Paraguai e Brasil reuniram-se durante o coquetel de boas-vindas oferecido por Temer, na sede da chancelaria brasileira no Rio de Janeiro, aos chefes de governo antes da cerimônia inaugural dos Jogos Olímpicos.

O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, não compareceu à cerimônia olímpica.

Nesta sexta-feira, o governo da Venezuela içou a bandeira do bloco na capital, Caracas, e proclamou-se presidente pro tempore do Mercosul. O governo venezuelano voltou a afirmar que Argentina, Brasil e Paraguai pretendem “tomar de assalto” o comando do bloco em uma manobra que as autoridades locais consideram idealizada pelos Estados Unidos.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212