Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Serra defende que conselho presida o Mercosul no lugar da Venezuela - Jornal Brasil em Folhas
Serra defende que conselho presida o Mercosul no lugar da Venezuela


O ministro das Relações Exteriores, José Serra, disse hoje (4) que espera uma solução negociada para resolver o impasse da presidência do Mercosul. Serra sugeriu que os embaixadores dos países do bloco formem um conselho informal e assumam a coordenação do Mercosul nos próximos seis meses, evitando assim que a Venezuela ocupe a presidência pro tempore.

“[Temos que] pegar os embaixadores dos países no Mercosul, temos lá uma embaixadora em Montevidéu que cuida da Aladi [Associação Latino-Americana de Integração] e do Mercosul, pegar esses embaixadores que representam seus países e eles fazerem um conselho informal para tocar os assuntos”, disse o chanceler a jornalistas após encontro com o presidente da Confederação Suíça, Johann Schneider-Ammann.

Representantes do Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai estão reunidos hoje em Montevidéu para discutir os rumos da presidência do bloco regional. No dia 29 de julho, o Uruguai deu por encerrada sua gestão à frente do Mercosul sem transferir o mandato para um país sucessor. A presidência muda de seis em seis meses, seguindo a ordem alfabética dos países, o que daria o mandato à Venezuela. No entanto, Brasil, Argentina e Paraguai são contrários à sucessão, por causa da situação política do país de Nicolás Maduro.

Na avaliação de Serra, a ausência de um país na presidência do Mercosul não atrapalharia as atividades do bloco econômico. “Vamos continuar tocando, não vai ficar parado. Muita coisa não precisa de presidente para ir para frente. Se o Mercosul realizasse tudo que já foi acordado, já teria trabalho suficiente, mas não vai ficar parado”, disse.

O ministro reiterou sua avaliação de que a Venezuela não tem condições de assumir o comando do Mercosul. “A Venezuela não tem condições de assumir, por um lado porque não cumpriu ainda os requisitos do Mercosul, segundo porque imagina que o Mercosul deveria funcionar em Caracas. É inteiramente utópico imaginar essa possibilidade.”

Depois que o Uruguai deixou a presidência do bloco, Serra enviou uma carta aos chanceleres dos países do grupo em que diz não reconhecer a Venezuela na presidência do Mercosul.

Mercosul e Efta

José Serra se reuniu na tarde de hoje com o presidente da Confederação da Suíça, Johann Schneider-Ammann, e, após o encontro, os dois afirmaram o interesse em estreitar as relações entre o Mercosul e a Associação Europeia de Livre Comércio (Efta), formada pela Suíça, Noruega, Islândia e Liechtenstein.

“Estamos de acordo quando queremos que prossiga um acordo de livre comércio entre Mercosul e Efta. A economia suíça depende de atividades internacionais, por isso focamos no Mercosul e em países da América do Sul”, disse Johann Schneider-Ammann.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212