Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Primeiro-ministro italiano promete doar salários de senadores aos pobres - Jornal Brasil em Folhas
Primeiro-ministro italiano promete doar salários de senadores aos pobres


O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, prometeu doar aos pobres os 500 milhões de euros (R$ 1,75 bilhão) que ele acredita que serão economizados anualmente caso sua reforma constitucional seja aprovada em referendo popular.

Entre outras coisas, o projeto acaba com o bicameralismo paritário no país, reduzindo drasticamente os poderes do Senado e diminuindo de 315 para apenas 100 o número de senadores, que também não receberiam mais salário.

A iniciativa, já aprovada pelo Parlamento, será submetida à população no próximo mês de outubro e tem como objetivo, segundo o governo, simplificar e baratear a política italiana. Se o referendo passar, os 500 milhões de euros economizados com o custo da política... Pense que bonito será colocá-los em um fundo contra a pobreza e dar-lhes aos nossos concidadãos, disse Renzi nesta terça-feira (9).

O primeiro-ministro está em plena campanha pela vitória do sim na votação e até já prometeu deixar o cargo caso o não vença. As últimas pesquisas mostram a população italiana bastante dividida sobre o tema.

Renzi tem dado declarações para convencer os cidadãos sobre as vantagens da reforma constitucional, principalmente em relação à eficiência do sistema político. Recentemente, seu governo lançou um projeto que destinará até 400 euros (R$ 1,4 mil) por mês para famílias que vivem em situação de pobreza.

De acordo com ele, os recursos poupados com a extinção dos salários dos senadores poderiam ser aplicados no fundo que financia essa iniciativa.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212