Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Professores do Ceará encerram greve de 107 dias - Jornal Brasil em Folhas
Professores do Ceará encerram greve de 107 dias


Os professores da rede estadual do Ceará decidiram encerrar a greve da categoria após 107 dias. Em assembleia feita hoje (9) em Fortaleza, o Sindicato dos Professores e Servidores do Ceará (Apeoc) anunciou o fim do movimento após votação que reuniu cerca de 2 mil professores.

Segundo o presidente da entidade, Anízio Melo, as negociações com a Secretaria da Educação (Seduc) resultaram em ganho médio de 9% na remuneração dos professores, além de compromissos de melhorias nas estruturas das escolas e na merenda escolar. Essas duas reivindicações também foram encampadas por alunos da rede estadual, que promoveram ocupações em escolas da capital e dos municípios do interior.

“A proposta aceita não foi satisfatória, nós queríamos mais, mas decidimos encerrar a greve pelo contexto das condições de uma greve de mais de cem dias, do refluxo das escolas, da necessidade dos estudantes e do pleito dos pais. Também finalizamos a paralisação para que o governo do estado não tenha desculpa para não implementar a nova carreira dos professores”.

Em nota, a Seduc informa que cerca de R$ 140 mil foram destinados a benefícios para os professores e para as escolas e que está assegurada a assinatura do decreto que regulamenta o novo modelo de carreira do magistério.

Iniciada em 25 de abril, a greve ocorreu após os profissionais não receberem proposta de reajuste pelo governo do estado. A data-base da categoria é 1º de janeiro e era exigido aumento de 12,67%.

Oposição

Professores que fazem oposição ao sindicato não aceitam a decisão tomada durante a assembleia. Após a votação e o anúncio de encerramento da greve, houve confusão entre os presentes. O professor Luiz Fabrício, que faz parte do movimento de oposição, diz que a maioria das pessoas na assembleia votaram pela manutenção da greve, mas o presidente da Apeoc declarou a paralisação encerrada à revelia da contagem dos votos.

“O presidente do sindicato declarou que a greve estava encerrada sem nem mesmo contabilizar os votos. O correto seria pegar os crachás ou separar o grupo, com a parte a favor indo para um lado e a parte contrária, para o outro – algum mecanismo que fosse rápido para saber qual a decisão da assembleia. No entanto, o presidente, autoritariamente, declarou encerrada da greve, o que causou um sentimento de ira.”

Anízio Melo disse que repudia a confusão gerada na assembleia e que a entidade sempre vai valorizar a decisão da maioria. “Esperamos que esses fatos melancólicos possam ser uma lição para toda a categoria.”

A Seduc informa que o retorno às aulas nas escolas em greve será imediato. Segundo a secretaria, o semestre letivo começou no dia 1º de agosto com 91% das escolas do estado funcionando normalmente.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212