Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 CSU tem lucro líquido de R$ 16,5 milhões no primeiro semestre - Jornal Brasil em Folhas
CSU tem lucro líquido de R$ 16,5 milhões no primeiro semestre


A CSU, empresa líder no mercado brasileiro de prestação de serviços de alta tecnologia voltados ao consumo, relacionamento com clientes, processamento e transações eletrônicas, anunciou os resultados financeiros do segundo trimestre de 2016 (2T16) e os números consolidados do semestre (1S16). O lucro líquido da companhia chegou aos R$ 16,5 milhões no semestre, 120% superior ao registrado no mesmo período do ano anterior (1S15). Já no trimestre, o lucro líquido foi de R$ 8,3 milhões, 118% acima do reportado no 2T15.

O EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 45,1% no primeiro semestre, passando de R$ 32,8 milhões para R$ 47,6 milhões. Já no trimestre, o valor foi de R$ 24,1 milhões, 42,7% superior ao 2T15.
A receita líquida alcançou R$ 119,8 milhões no 2T16 e R$ 241,7 milhões no semestre, crescimentos anuais de 2,9% e 5,5% comparados aos mesmos períodos de 2015.

Ricardo Ribeiro Leite, CFO da CSU, aponta os resultados como extremamente positivos diante de um cenário econômico desafiador. “Conseguimos, por mais um trimestre, entregar números positivos nos principais indicadores financeiros, demonstrando um crescimento da Companhia de forma sustentável. Permanecemos com uma forte gestão de custos, buscando novas fontes de receitas combinadas a ganhos de produtividade em todas as áreas de negócios”, afirma o executivo.

UNIDADES DE NEGÓCIOS

A CSU CardSystem, unidade que engloba as divisões de negócios responsáveis pelo processamento e administração dos meios eletrônicos de pagamento (CardSystem), soluções de marketing de relacionamento, fidelidade e e-commerce (MarketSystem) e terceirização de TI (CSU ITS), foi responsável por 55,8% do faturamento total do semestre.

Na divisão CardSystem, a empresa encerrou os seis primeiros meses de 2016 com 22,8 milhões de cartões cadastrados, 26,5% acima que o número registrado ao final de junho de 2015. Já com relação aos cartões faturados, a divisão apresentou crescimento de 17,3%, ao longo dos últimos doze meses, encerrando o período com 19,7 milhões de plásticos.
Ainda em relação à divisão de meios eletrônicos de pagamentos, sempre engajada a iniciativas globais que impactam na sua operação, a CardSystem passou a autorizar, para um de seus clientes, as transações por meio de aplicativo mobile payment, aprimorando a experiência de compra do consumidor final, além de promover o seu programa de relacionamento em sinergia com a divisão MarketSystem.

A MarketSystem, por meio do OPTe+, segue comprovando a atratividade e eficiência da plataforma na retenção dos resgates de pontos. Apesar da redução no volume financeiro transacional, influenciado pelo cenário macroeconômico fragilizado, o OPTe+ permanece registrando aumento de sua aceitação no mercado, verificado com o aumento de 338% do consumo dentro da plataforma em detrimento à transferência de pontos para demais programas de fidelidade desde o 1T14.

Já a CSU Contact, unidade responsável pela prestação de serviços de contact center, encerrou o período com 2.285 posições de atendimento (PA’s) médias faturadas, reduções de 7,7% e de 11,3% em relação ao 1T16 e ao 2T15, panorama explicado pela redução das operações de alguns clientes com menor volume de chamadas, reflexo do cenário macroeconômico atual, e por um período prejudicado pela sazonalidade de algumas operações.

A unidade segue priorizando operações mais complexas, com maior valor agregado e com margens sustentáveis para os negócios da Companhia, juntamente com ações de otimização de estrutura, incremento de produtividade e revisão dos processos de atendimento. Além da redução de custos e ganhos importantes nos índices de qualidade e de satisfação dos clientes, a CSU Contact foi reconhecida em algumas de suas operações como “Excelência em atendimento de Ouvidoria”, “Inovação em relacionamento” e “Melhor operação de recuperação de crédito”, recebendo diversas premiações de renomadas empresas de vários segmentos.

“A estratégia de diversificação dos negócios da CSU, adotada há alguns anos, vem contribuindo para as entregas positivas de resultados e comprovando a capacidade da Companhia a se adaptar, vislumbrando novas oportunidades de ganhos mesmo em uma condição de mercado desafiadora”, conclui a diretora de relações com investidores, Renata Oliva Battiferro.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212