Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Residencial Nelson Mandela vai beneficiar cinco mil famílias - Jornal Brasil em Folhas
Residencial Nelson Mandela vai beneficiar cinco mil famílias


O canteiro de obras do Residencial Nelson Mandela, no Conjunto Vera Cruz 2, em Goiânia, será vistoriado nesta sexta-feira, dia 29, às 8 horas, onde a Agência Goiana de Habitação executa, em parceria com o governo federal, a construção da primeira etapa de 1.616 apartamentos de um empreendimento que terá cinco mil moradias. Com 19,3% da obra já executados, o empreendimento está com 22 blocos de apartamentos levantados, dos quais 13 em fase de acabamento. O secretário Vilmar Rocha (Secima) e o presidente da Agehab, Luiz Stival farão a vistoria.

O Governo de Goiás já liberou toda a contrapartida do Cheque Mais Moradia para a construção da primeira etapa, mais de R$ 24 milhões. São 101 blocos de quatro andares, com 16 apartamentos por bloco e quatro por andar. O apartamento, de dois quartos, tem 42,9 metros quadrados. As moradias destinam-se a famílias com renda de até R$ 1,6 mil, residentes em Goiânia e que não tenham sido contempladas por programa habitacional (federal, estadual ou municipal).

Maior empreendimento habitacional de interesse social em Goiás, o Residencial Nelson Mandela é fruto da parceria entre o Governo de Goiás, por meio da Agehab, e o Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), do governo federal, operacionalizado pela Caixa Econômica Federal. No total serão construídas 5 mil moradias em áreas descontínuas da Agehab no Vera Cruz, com investimento total superior a R$ 300 milhões, dos quais R$ 70 milhões em Cheque Mais Moradia.

O empreendimento

O presidente da Agehab, Luiz Stival, destaca que o governador Marconi Perillo executa uma das mais arrojadas políticas habitacionais de interesse social do País, garantindo a contrapartida do Cheque Mais Moradia em todos os empreendimentos destinados a famílias com renda de até três salários mínimos. “Isso é uma inovação. Habitação de interesse social só se faz com parceria”, frisa Stival.

Ele destaca ainda que desde 2011, o Governo de Goiás vem consolidando uma rede de parcerias com o governo federal, os municípios e as entidades sociais que colocou o Estado na liderança do ranking nacional em contratação de moradias. “O que vivenciamos hoje é uma revolução na área habitacional em Goiás. Os canteiros de obras da Agehab estão espalhados por todo o Estado. Estamos atualmente com 23 mil unidades habitacionais em construção em 158 municípios”, salienta.

Equipamentos públicos

No Residencial Nelson Mandela, além da construção das moradias, o Estado investirá na implantação de equipamentos públicos. Estão programadas construção de quatro centros de educação infantil com capacidade para atender em tempo integral 720 crianças; posto de saúde com capacidade para 10 mil atendimentos; uma escola de ensino fundamental para 920 alunos e uma escola de ensino médio padrão Século 21 para 1.440 vagas, e ainda ampliação do Centro de Referência e Assistência Social (Cras).

As inscrições das famílias para esse empreendimento devem ser abertas ainda este semestre. A previsão da construtora responsável pela obra, a Direcional, é de conclusão dessa primeira etapa até dezembro próximo.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212