Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Inaugurada a Central de Flagrantes em Goiânia - Jornal Brasil em Folhas
Inaugurada a Central de Flagrantes em Goiânia


A Central de Flagrantes e Pronto Atendimento ao Cidadão da Polícia Civil de Goiás, construída ao lado do complexo de delegacias especializadas, no Setor Cidade Jardim, em Goiânia, foi inaugurada nesta quinta-feira, dia 28. O governador Marconi Perillo ressaltou que através da Central os procedimentos serão agilizados e haverá a modernização da atuação da Polícia Civil colaborando com a população.

A Central foi construída com recursos de R$ 1,7 milhão de convênio da Polícia Civil com o Ministério Público do Trabalho (MPT). Marconi ressaltou que esta é mais uma parceria de sucesso com a instituição. Este é o segundo prédio da PC erguido com esse tipo de parceria. O primeiro foi a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), também em Goiânia.

A procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho em Goiás, Janilda Guimarães Lima, disse, em discurso, que o trabalhador é o mais prejudicado com a violência no País. “É o trabalhador que tem que pegar o ônibus, que tem que sair de madrugada. Essa Central vai ajudar e proteger os nossos trabalhadores , além de otimizar o trabalho da polícia no sentido de proteger os nossos trabalhadores que são nosso público. Nos sentimos muito realizados de participar desse tipo de atuação”.

Mais agilidade

A Central aglutina o trabalho de flagrante que antes era realizado em quatro Distritos policiais (1º, 5º, 8º e 20º) e a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam). O secretário de Segurança Pública Joaquim Mesquita diz que a Central vai funcionar com a metodologia dos Vapt Vupt, sendo tudo mais ágil e concentrado em um local apenas.

Delegado Alexandre Lourenço durante o horário de expediente normalmente. Apenas o 1° distrito possui plantão de ocorrência por conta do alto fluxo.“Somente as conduções de flagrantes que eram encaminhadas para eles, que eram centrais de flagrantes, deixarão de ser feitas lá e serão feitas na Central”.

Ele explica que a polícia, quando tem flagrante, já encaminha a pessoa para a Central. “Antigamente, quando fazia condução de flagrante, mesmo se fosse perto, por exemplo, do 20° distrito, as forças tinham que levar par ao IML e ir ao Centro da cidade para coletar as papilares e voltar para o 20° para fazer a lavratura. Agora mesmo que esteja do lado do 20° distrito, vai sair de lá apenas uma vez e ir pra Central de Flagrantes, onde já faz tudo. É um atendimento mais célere”. Um procedimento que antes durava, em média, 5 horas para ser finalizado, agora será feito em 1h30, o que gera mais benefícios à sociedade porque os policiais estarão de volta às ruas mais rapidamente.

A Central de Flagrantes e Pronto Atendimento ao Cidadão possui área total superior a 4,7 mil m², com cinco cartórios, sala de convivência, refeitório e toda infraestrutura necessária para o atendimento ao público. Fica ao lado do IML e das delegacias especializadas, no Setor Cidade Jardim, em Goiânia.

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio promove caminhonetadas em várias regiões de Aparecida
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Brincar com os quatro elementos da natureza ajuda a criança a se desenvolver melhor
Meninas que praticam esportes, cuidado com a alimentação!
Indústria paulista fecha 2,5 mil postos de trabalho em agosto
Aneel descarta revisão de bandeira tarifária em conta de luz
BNDES: empréstimos para Cuba e Venezuela não deveriam ter sido feitos
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212