Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Competição mundial entre artistas será sediada no Canadá - Jornal Brasil em Folhas
Competição mundial entre artistas será sediada no Canadá


Um bom livro, uma coreografia estimulante e uma música bem executada renderão medalhas de ouro, prata e bronze a artistas. Essa é a proposta da ArtsGames, uma competição de artes, inspirada na Olimpíada, que quer reunir competidores de todo o mundo, em 2018, em Montreal, no Canadá. O evento foi anunciado hoje (11) durante a Rio 2016.

A iniciativa retoma uma experiência interrompida na década de 1950, quando artistas eram premiados em suas especialidades, em uma competição mundial, paralela às olimpíadas. A prática começou em1896, em Atenas, os primeiros jogos olímpicos da era moderna.

Na primeira edição do ArtsGames, em 2018, o objetivo é dar visibilidade a talentos de várias culturas “em palcos internacionais”, que receberão, por país, as medalhas, explicou o presidente do Comitê Internacional, Peter Howlett. “Nós faremos um evento para dar aos artistas uma oportunidade de brilhar e demonstrar excelência”, disse.

Em vídeo enviado ao lançamento, no Rio, a ministra do Patrimônio do Canadá, Melanie Joly, disse que o país comemora ser sede da competição e defende a importância dos artistas para a humanidade. “Precisamos da arte para o entretenimento, para desafiar o nosso modo de pensar e para nos lembrar do nosso vasto potencial como criadores”, disse.

Modalidades

Os artistas poderão se inscrever a partir de outubro em cinco áreas: dança, música, artes visuais, artes de mídia e literatura. As audições poderão ser feitas online para facilitar a participação de mais países e, presencialmente, em 2017, também em Montreal.

A partir da edição de Montreal, em 2018, a ArtsGames será feita em uma cidade diferente a cada dois anos. Há também a possibilidade de incluir mais modalidades.

A competição entre artistas nesses moldes foi idealizada pelo lendário pianista canadense de jazz Oscar Peterson. A sobrinha dele, Sylvia Sweeney, atleta olímpica e presidente da iniciativa, aposta no poder da arte para “transformar e curar o mundo”. “Os artistas já precisam de uma plataforma para fazer isso. O que fazemos é dar essa plataforma”.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212