Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Competição mundial entre artistas será sediada no Canadá - Jornal Brasil em Folhas
Competição mundial entre artistas será sediada no Canadá


Um bom livro, uma coreografia estimulante e uma música bem executada renderão medalhas de ouro, prata e bronze a artistas. Essa é a proposta da ArtsGames, uma competição de artes, inspirada na Olimpíada, que quer reunir competidores de todo o mundo, em 2018, em Montreal, no Canadá. O evento foi anunciado hoje (11) durante a Rio 2016.

A iniciativa retoma uma experiência interrompida na década de 1950, quando artistas eram premiados em suas especialidades, em uma competição mundial, paralela às olimpíadas. A prática começou em1896, em Atenas, os primeiros jogos olímpicos da era moderna.

Na primeira edição do ArtsGames, em 2018, o objetivo é dar visibilidade a talentos de várias culturas “em palcos internacionais”, que receberão, por país, as medalhas, explicou o presidente do Comitê Internacional, Peter Howlett. “Nós faremos um evento para dar aos artistas uma oportunidade de brilhar e demonstrar excelência”, disse.

Em vídeo enviado ao lançamento, no Rio, a ministra do Patrimônio do Canadá, Melanie Joly, disse que o país comemora ser sede da competição e defende a importância dos artistas para a humanidade. “Precisamos da arte para o entretenimento, para desafiar o nosso modo de pensar e para nos lembrar do nosso vasto potencial como criadores”, disse.

Modalidades

Os artistas poderão se inscrever a partir de outubro em cinco áreas: dança, música, artes visuais, artes de mídia e literatura. As audições poderão ser feitas online para facilitar a participação de mais países e, presencialmente, em 2017, também em Montreal.

A partir da edição de Montreal, em 2018, a ArtsGames será feita em uma cidade diferente a cada dois anos. Há também a possibilidade de incluir mais modalidades.

A competição entre artistas nesses moldes foi idealizada pelo lendário pianista canadense de jazz Oscar Peterson. A sobrinha dele, Sylvia Sweeney, atleta olímpica e presidente da iniciativa, aposta no poder da arte para “transformar e curar o mundo”. “Os artistas já precisam de uma plataforma para fazer isso. O que fazemos é dar essa plataforma”.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212