Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Residencial Nelson Mandela recebe visita técnica da Agehab e Secima - Jornal Brasil em Folhas
Residencial Nelson Mandela recebe visita técnica da Agehab e Secima


O presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Luiz Stival, e o secretário Vilmar Rocha (Secima) visitaram na manhã desta sexta-feira (29/01) o canteiro de obras onde estão sendo construídos os primeiros apartamentos do Residencial Nelson Mandela, que terá nesta primeira etapa 1.616 apartamentos. Os gestores conferiram de perto o trabalho que já alcançou 19,3% de execução. Já são 22 blocos de apartamentos levantados, dos quais 13 em fase de acabamento. Também participou da visita o deputado federal Marcos Abrão, ex-presidente da Agehab.

O Governo de Goiás já liberou toda a contrapartida do Cheque Mais Moradia para a construção da primeira etapa, mais de R$ 24 milhões. “O Nelson Mandela é resultado do esforço e preocupação do Governo de Goiás com o déficit habitacional na região metropolitana de Goiânia”, ressaltou o presidente Luiz Stival, durante a visita àquele que já é o maior empreendimento habitacional de interesse social de Goiás.

De acordo com Stival, um trabalho da magnitude do Nelson Mandela – cuja dimensão pôde ser conferida de perto pelas equipes – só se tornou possível no Estado graças à concepção de uma arrojada política habitacional, que permite a união entre recursos estaduais e recursos federais. O foco são famílias que precisam, com renda de até três salários mínimos. “Trata-se de uma visão simples, mas ao mesmo tempo inovadora em Goiás. Habitação de interesse social só se faz com parceria”, sublinhou.

Avanço
Ao todo, são 101 blocos de quatro andares sendo que serão construídos no Nelson Mandela. Cada bloco terá 16 apartamentos, quatro por andar. O apartamento, de dois quartos, tem 42,9 metros quadrados. As moradias destinam-se a famílias com renda de até R$ 1,6 mil, residentes em Goiânia e que não tenham sido contempladas por nenhum programa habitacional (federal, estadual ou municipal).

O trabalho é fruto da parceria entre o Governo de Goiás, por meio da Agehab, e o Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), do governo federal, operacionalizado pela Caixa Econômica Federal. No total serão construídas 5 mil moradias em áreas descontínuas disponibilizadas pela Agehab no Vera Cruz, com investimento total superior a R$ 300 milhões, dos quais R$ 70 milhões em Cheque Mais Moradia, do Governo de Goiás.

Luiz Stival lembra que desde 2011, na gestão do seu antecessor na pasta, o deputado federal Marcos Abrão, o Governo de Goiás vem consolidando uma rede de parcerias com o governo federal, os municípios e as entidades sociais que colocou o Estado na liderança do ranking nacional em contratação de moradias. “O que vivenciamos hoje é uma revolução na área habitacional em Goiás”, lembra. Segundo ele, canteiros de obras da Agehab estão espalhados por todo o Estado. Atualmente, a Agência está com 23 mil unidades habitacionais em construção em 158 municípios.

Equipamentos comunitários
No Nelson Mandela, além da construção das moradias, o Estado investirá na implantação de equipamentos públicos. Estão programadas construção de quatro centros de educação infantil com capacidade para atender em tempo integral 720 crianças; posto de saúde com capacidade para 10 mil atendimentos; uma escola de ensino fundamental para 920 alunos e uma escola de ensino médio padrão século 21 para 1,4 mil vagas, e ainda ampliação do Centro de Referência e Assistência Social (Cras).

As inscrições das famílias para esse empreendimento devem ser abertas ainda neste semestre. A previsão da construtora responsável pela obra, a Direcional, é de conclusão dessa primeira etapa até dezembro próximo.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212