Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Fantasiada de “Emília”, menina que sofreu queda de bicicleta teve alta no HUGOL - Jornal Brasil em Folhas
Fantasiada de “Emília”, menina que sofreu queda de bicicleta teve alta no HUGOL


A pequena Gabrielly Christine se fantasiou de Emília, a boneca de pano do Sítio do Picapau Amarelo, no dia de sua alta da internação no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira – HUGOL. A mãe, Jackeline Fernandes, explica que esse foi um dos desejos da menina para quando fosse voltar para casa, por ser uma fã da história de Monteiro Lobato.
A menina de 6 anos deu entrada no HUGOL em estado grave devido a uma lesão abdominal ocasionada por um impacto com o guidão da bicicleta, indo diretamente para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica, local em que recebeu os cuidados da equipe multidisciplinar por 20 dias e, após a estabilização do seu quadro, foi para a Enfermaria, totalizando mais de um mês no hospital.
O acidente aconteceu durante um passeio no final de semana com a família. A mãe ressalta ainda que a fatalidade ocorreu mesmo tendo feito a revisão do brinquedo e o uso dos equipamentos de segurança tradicionais, pois não existe um específico para proteção contra impactos no abdômen da criança. Na avaliação de Jackeline, a filha foi muito bem atendida no hospital, com destaque especial para “a equipe de médicos e cirurgiões muito capacitados”.

Alerta sobre traumas pediátricos
No HUGOL são atendidas crianças vítimas de trauma, sendo as maiores incidências as queimaduras e os acidentes de trânsito. Dr. Elísio de Castro, supervisor médico da Pediatria do hospital, explica que grande parte dos acidentes ocorre no âmbito doméstico, no lar das crianças, em ocorrências como queimaduras, quedas de altura ou ingestão de produtos tóxicos, mas também são evidenciados outros casos mais comuns, como afogamento, queda de cavalo, queda de bicicleta, assim como fratura proveniente da queda de objetos nas crianças (aparelhos de televisão, decorações etc.).
O médico alerta que é importante criar um ambiente seguro para as crianças, evitando potenciais riscos para a saúde dentro de casa e durante as atividades de lazer, e ressaltou a essencialidade do uso dos equipamentos adequados para o transporte de crianças em carros, possibilitando que, em casos de acidentes, estas tenham uma chance de sobrevida.

Estatísticas
O HUGOL possui 10 leitos na Unidade de Terapia Intensiva pediátrica e outros 10 leitos na clínica de internação pediátrica, que atendem e realizam procedimentos cirúrgicos em crianças dentro do perfil da unidade (traumatologia pediátrica). No primeiro ano de funcionamento da unidade (julho de 2015 a junho de 2016), realizou 3.021 atendimentos pediátricos (urgências e internações).

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212