Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 HMI realiza nova separação de gêmeas siamesas - Jornal Brasil em Folhas
HMI realiza nova separação de gêmeas siamesas


O Hospital Materno Infantil (HMI) realizou no fim da tarde desta terça-feira, dia 13, em caráter de urgência, a cirurgia de separação das gêmeas siamesas Débora e Ana Júlia, de quatro meses, nascidas na unidade no dia 2 de maio de 2016. Devido ao quadro clínico grave de Ana Júlia – o que motivou a cirurgia -, a bebê morreu durante o procedimento. A unidade informa que, no momento, Débora está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do HMI, respira com a ajuda de aparelhos, e seu estado de saúde é gravíssimo, porém estável. Não há previsão de alta.

Segundo o cirurgião pediátrico Zacharias Calil, a operação precisou ser realizada devido à piora do quadro clínico de Ana Júlia. “Uma das gêmeas apresentou um processo de infecção pulmonar grave, o que fez com que seu estado de saúde piorasse e, por serem interligadas, estava prejudicando a outra bebê. Por essa razão decidimos separá-las”, detalhou. Elas nasceram com 34 semanas, eram unidas pelo tórax e abdômen, compartilhando o fígado e uma membrana do coração.

Cerca de 15 profissionais, entre cirurgiões pediátricos, anestesistas, ortopedistas, médicos intensivistas, cirurgiões plásticos, cirurgiões vasculares, pediatras, enfermeiros, cardiologista, entre outros, participaram do procedimento cirúrgico, que durou aproximadamente seis horas. Esta é 17ª separação de gêmeos siameses realizada no HMI, sendo o 34º atendido na unidade, que é referência mundial no assunto.

Ajuda

O HMI e o Hemocentro de Goiás (Hemogo) pedem que a população doe sangue O positivo para a menina, para ser utilizado no período de recuperação. Outros tipos sanguíneos também são bem-vindos. As doações podem ser feitas na sede do Hemocentro, localizado na Avenida Anhanguera n° 5.195, Campinas, entre 8 e 17 horas, em nome de Débora.

A Assessoria de Imprensa do HMI informa que o médico Zacharias Calil e os pais das gêmeas estarão disponíveis para entrevista às 10 horas, no hospital. Depois dessa data, todas as informações sobre o estado de saúde das pacientes serão repassadas pela Assessoria, por meio de boletins expedidos duas vezes ao dia, às 8h30 e às 17 horas.


 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212