Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Greve dos funcionários dos Correios é suspensa em três estados - Jornal Brasil em Folhas
Greve dos funcionários dos Correios é suspensa em três estados


Três dos seis sindicatos de trabalhadores dos Correios que haviam iniciado ontem (15) um movimento de greve decidiram hoje (16) suspender a paralisação e voltar ao trabalho.

Segundo os Correios, nos estados do Ceará, do Piauí e de Santa Catarina, os trabalhadores aceitaram a proposta de reajuste salarial e dos benefícios oferecida pela empresa e encerraram a greve, que durou menos de 24 horas.

A estatal diz que, com isso, o percentual de trabalhadores em greve representa menos de 1% do total de seus empregados. Agora, a paralisação atinge regiões dos estados do Rio Grande do Sul, exceto Santa Maria, onde não houve paralisação, de Minas Gerais, na região da Grande Belo Horizonte, além de 1.070 empregados da unidade de Sergipe.

“A paralisação parcial não afeta o atendimento à população. Todas as agências estão abertas, e os serviços, inclusive a entrega de Sedex e o Banco Postal, estão disponíveis”, informou a empresa, em comunicado à imprensa.

De acordo com os Correios, nos locais onde há paralisação, a empresa tem adotado medidas para minimizar os transtornos à população, como o pagamento horas extras, a realização de mutirões e realocação de funcionários.

Estado de greve

De acordo com a secretária de Imprensa da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresa de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), Suzy Cristiny da Costa, a orientação da entidade, que reúne os 32 sindicados de trabalhadores dos Correios, foi pela aprovação da proposta da empresa.

Para Suzy, apesar de abaixo das expectativas da entidade, a proposta da direção dos Correios é “razoável”. “É uma proposta que não contempla nossas expectativas, mas, se analisarmos [a negociação ] de outras categorias, foi uma proposta razoável dentro da conjuntura econômica do país”, disse Suzy à Agência Brasil.

De acordo com a secretária da Fentect, apesar de os sindicatos, em sua maioria, terem aceitado o reajuste oferecido pelos Correios, os trabalhadores continuam em estado de greve. “Temos outras bandeiras. A proposta foi aprovada por 20 dos 31 sindicatos, e um não fez assembleia ainda, mas todos os que aprovaram mantêm-se em estado de greve. Temos muita problemas a serem resolvidos, principalmente a questão da privatização, que está ai ameaçando a nossa categoria.”

Reajuste

Nas negociações do acordo coletivo, a direção dos Correios propôs aumento de 9%, a ser concedido nos percentuais de 6% em agosto deste ano e de 3% em fevereiro de 2017, reajuste de 8,74% nos benefícios e a manutenção das demais cláusulas do acordo assinado no ano anterior, inclusive a que trata do plano de saúde.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212