Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Número de mortos em protesto antigoverno sobe para 44 no Congo, diz grupo de direitos humanos - Jornal Brasil em Folhas
Número de mortos em protesto antigoverno sobe para 44 no Congo, diz grupo de direitos humanos


Ao menos 43 pessoas foram mortas em protestos contra o presidente do Congo, Joseph Kabila, incluindo 37 mortos pelas forças de segurança e seis policiais mortos por manifestantes, informou o Human Rights Watch (HRW) nesta terça-feira.

Os protestos na República Democrática do Congo começaram na segunda-feira após a comissão eleitoral decidir tentar adiar a próxima eleição presidencial, marcada para novembro.

Rivais de Kabila disseram que a proposta de atraso é uma manobra para manter o presidente no poder, embora políticos do partido governista neguem. Kabila é barrado constitucionalmente de concorrer ao terceiro mandato e seus aliados dizem que ele irá respeitar a constituição.

Com a insurgência forçando fechamento de escolas e paralisando transportes públicos na capital, a Organização das Nações Unidas expressou temores de que a situação possa se agravar.

Durante a noite, diversas pessoas foram mortas quando forças da segurança queimaram a sede do principal partido da oposição, o União pela Democracia e Progresso Social (UDPS), e atacaram prédios de outros partidos da oposição, disse a pesquisadora do HRW África para o grupo sediado em Nova York, Ida Sawyer.

Dezessete pessoas foram mortas durante a noite e nesta terça-feira, enquanto 20 foram mortas na segunda-feira, segunda ela.

A maioria morreu quando forças da segurança atiraram contra multidões de manifestantes, declarou a pesquisadora.

Também recebemos relatos confiáveis de que manifestantes mataram ao menos seis policiais e um manifestante do PPRD (partido governista) e que também queimaram e roubaram diversas lojas e delegacias, disse Ida.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212