Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo dos EUA termina seu papel de supervisor da Internet - Jornal Brasil em Folhas
Governo dos EUA termina seu papel de supervisor da Internet


O governo dos Estados Unidos concluiu, neste sábado (1º), seu papel de vigilante formal sobre a Internet, entregando a gestão do sistema on-line a uma entidade global sem fins lucrativos.

O Departamento americano do Comércio anunciou o fim de seu contrato com a Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (Icann), a organização que gerenciava a chamada zona raiz da Internet.

Com essa medida, a Icann deixa a operação autorreguladora, que será ocupada por um grupo interdisciplinar, integrado por engenheiros, acadêmicos, empresários, grupos de governo e organizações não-governamentais.

A mudança faz parte de um plano para privatizar a Internet defendido há três décadas pelos Estados Unidos. Segundo seus defensores, a medida ajudará a manter a segurança ao redor do mundo.

Autoridades dos Estados Unidos e do Icann disseram que o contrato deu a Washington um papel de supervisor simbólico internacional da zona raiz, na qual são criados novos domínios e endereços.

Seus críticos, entre eles congressistas, alegavam, porém, que isso é um presente de Washington para regimes autoritários que poderiam tomar o controle.

O último esforço dos críticos para bloquear o plano, com um julgamento iniciado por quatro estados norte-americanos, fracassou quando um juiz federal do Texas rejeitou publicar uma prescrição para deter essa transição.

Lawrence Srickling, que lidera a unidade que gerencia essas funções no Departamento do Comércio, emitiu uma declaração mais cedo neste sábado, confirmando a transição da Internet Assigned Numbers Autority.

O contrato das funções do Iana expirou em 1º de outubro de 2016, disse o funcionário.

Stephen Crocker, chefe da Icann e um dos primeiros engenheiros a desenvolver protocolos de Internet, celebrou a conclusão do contrato.

Essa transição estava prevista há 18 anos, com o incansável trabalho da comunidade internacional da Internet, que elaborou um rascunho para uma proposta final para tornar isso realidade, disse ele, em um comunicado.

Essa comunidade validou o modelo do grupo multidisciplinar para a governança da Internet, que mostra que o modelo de governança está definido com a inclusão de todas as vozes, incluindo os empresários, acadêmicos, técnicos especialistas, sociedade civil, governos e muitos outros, como a melhor maneira de assegurar que a Intenet de amanhã continuará sendo livre, aberta e acessível como a Internet de hoje, acrescentou.

A Internet Society, um grupo formado pelos fundadores da Web que busca manter o sistema aberto, avaliou que a transição é um passo positivo.

A transição do Iana é uma poderosa ilustração do modelo multidisciplinar e uma afirmação de que o principal para enfrentar desafios da melhor maneira é por meio da transparência e de processos gerenciados em consenso, declarou o grupo em um comunicado.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212