Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Cuba decreta fase de alerta perante proximidade do furacão Matthew - Jornal Brasil em Folhas
Cuba decreta fase de alerta perante proximidade do furacão Matthew


A Defesa Civil de Cuba estabeleceu neste sábado a fase de alerta ciclônico para províncias do oriente do país, desde Camagüey até Guantánamo, perante a proximidade do furacão Matthew, de categoria 4, que se aproxima da ilha com ventos máximos constantes de 230 km/h.

Por sua vez, as províncias desde Cienfuegos até Ciego de Ávila, no centro, entraram na fase informativa, que é a primeira que se ativa em Cuba perante a ameaça de um fenômeno deste tipo.

Os órgãos e organismos estatais, entidades econômicas e instituições sociais destas províncias, devem cumprir as medidas previstas em seus respectivos planos de redução de desastres, com racionalidade, indica o boletim, publicado nos veículos de comunicação oficiais cubanos.

A Defesa Civil pede também que população preste atenção nas informações e cumpra disciplinadamente as medidas indicadas pelas autoridades locais.

Matthew, o quinto furacão da atual temporada ciclônica no Atlântico, é uma intensa tempestade que atualmente mantém ventos máximos constantes de 230 km/h, com sequências superiores, e vai diminuindo sua velocidade de translação a 9 km/hora, após ter alcançado nesta sexta-feira a máxima de 5 na escala Saffir-Simpson.

A televisão estatal e vários veículos de comunicação digitais cubanos, todos oficiais, alertam para as precauções já tomadas perante a chegada de Matthew em grande parte do país, habituado a este tipo de preparativo.

Na província de Santiago de Cuba - muito afetada por Sandy, o último furacão que tocou a ilha em 2012 - se trabalha para proteger as instalações e casas, resguardar embarcações, limpar desaguamentos, garantir o abastecimento de água potável e a venda de alimentos não perecíveis ao público.

Nos territórios de Granma, Holguín, Guantánamo, La Tunas e Camagüey se aceleram também as previsões para resistir a prováveis impactos de fortes ventos, chuvas abundantes e inundações.

O último grande furacão que castigou o país caribenho foi Sandy, de categoria 2, que em outubro de 2012 devastou principalmente as províncias de Santiago de Cuba e Holguín, onde deixou 11 mortos e centenas de casas destruídas, além de numerosos danos à agricultura, às redes elétricas e às comunicações.

 

Últimas Notícias

Empresários brasileiros apostam em alimentos e bebidas saudáveis
Temporal no RS deixa mais de 360 mil residências sem luz
Livro aborda mentiras contadas por presidentes do Brasil em 100 anos
Setor da cachaça lança manifesto contra carga tributária
Polícia busca PM sequestrado por criminosos na zona oeste do Rio
Bolsonaro passa bem e tem dreno retirado do abdome
PM encontra carro de policial sequestrado no Rio
Festival de Brasília termina hoje com entrega de premiações

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212