Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Matthew se transforma no 5º furacão da temporada no Atlântico - Jornal Brasil em Folhas
Matthew se transforma no 5º furacão da temporada no Atlântico


A tempestade Matthew se transformou em furacão nesta quinta-feira ao sul de Porto Rico, ao alcançar ventos máximos constantes de 120 km/h, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Matthew, o quinto furacão da atual temporada ciclônica no Atlântico, mantém seu deslocamento em direção ao oeste com uma velocidade de translação de 28 km/h, indicou o NHC em seu boletim mais recente.

O furacão está 300 quilômetros ao nordeste de Curaçao, onde está vigente uma vigilância de tempestade tropical, da mesma forma que em Bonaire e Aruba, áreas para as quais foram previstas acumulações de água de mais de 10 centímetros nas próximas 48 horas.

O boletim do centro meteorológico adverte também que as autoridades de Colômbia e Venezuela devem rastrear o desenvolvimento do furacão, que até hoje era a 13ª tempestade tropical da temporada de furacões na bacia atlântica.

Segundo o NHC, nas próximas 48 horas se espera um gradual fortalecimento de Matthew, cujos ventos com força de furacão se estendem até 110 quilômetros de seu centro.

As chuvas associadas a Matthew começarão a diminuir hoje à tarde nas Antilhas Menores, mas se registrarão acumulações totais de água entre 5 e 10 centímetros em Aruba, Bonaire e Curaçao.

Estas precipitações podem produzir inundações repentinas e deslizamentos de lodo que ponham em perigo a vida das pessoas, advertiram os especialistas.

Nesta temporada de furacões no Atlântico, iniciada em 1º de junho, se formaram 13 tempestades tropicais, das quais cinco se transformaram em furacões (Alex, Earl, Gastón, Hermine e agora Matthew), que causaram 66 mortes, a maioria delas registradas no México pela passagem de Earl.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA (NOAA) espera uma temporada de furacões no Atlântico um pouco mais ativa que o normal, com a formação de 12 a 17 tempestades, das quais entre cinco e oito chegariam a ciclones, e entre dois e quatro de maior categoria.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212