Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Matthew se transforma no 5º furacão da temporada no Atlântico - Jornal Brasil em Folhas
Matthew se transforma no 5º furacão da temporada no Atlântico


A tempestade Matthew se transformou em furacão nesta quinta-feira ao sul de Porto Rico, ao alcançar ventos máximos constantes de 120 km/h, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Matthew, o quinto furacão da atual temporada ciclônica no Atlântico, mantém seu deslocamento em direção ao oeste com uma velocidade de translação de 28 km/h, indicou o NHC em seu boletim mais recente.

O furacão está 300 quilômetros ao nordeste de Curaçao, onde está vigente uma vigilância de tempestade tropical, da mesma forma que em Bonaire e Aruba, áreas para as quais foram previstas acumulações de água de mais de 10 centímetros nas próximas 48 horas.

O boletim do centro meteorológico adverte também que as autoridades de Colômbia e Venezuela devem rastrear o desenvolvimento do furacão, que até hoje era a 13ª tempestade tropical da temporada de furacões na bacia atlântica.

Segundo o NHC, nas próximas 48 horas se espera um gradual fortalecimento de Matthew, cujos ventos com força de furacão se estendem até 110 quilômetros de seu centro.

As chuvas associadas a Matthew começarão a diminuir hoje à tarde nas Antilhas Menores, mas se registrarão acumulações totais de água entre 5 e 10 centímetros em Aruba, Bonaire e Curaçao.

Estas precipitações podem produzir inundações repentinas e deslizamentos de lodo que ponham em perigo a vida das pessoas, advertiram os especialistas.

Nesta temporada de furacões no Atlântico, iniciada em 1º de junho, se formaram 13 tempestades tropicais, das quais cinco se transformaram em furacões (Alex, Earl, Gastón, Hermine e agora Matthew), que causaram 66 mortes, a maioria delas registradas no México pela passagem de Earl.

A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA (NOAA) espera uma temporada de furacões no Atlântico um pouco mais ativa que o normal, com a formação de 12 a 17 tempestades, das quais entre cinco e oito chegariam a ciclones, e entre dois e quatro de maior categoria.

 

Últimas Notícias

Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida
Bolsonaro reitera que decisão sobre médicos cubanos é humanitária

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212