Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Menos de um terço dos prefeitos candidatos no RJ foram reeleitos - Jornal Brasil em Folhas
Menos de um terço dos prefeitos candidatos no RJ foram reeleitos


As eleições municipais no estado do Rio de Janeiro terminou com uma grande renovação nas prefeituras. Dos 49 prefeitos candidatos à reeleição, de um total de 92 municípios, 15 se reelegeram no primeiro turno. Dois deles passaram para a decisão em segundo turno: Rodrigo Neves em Niterói, que concorre com Felipe Peixoto, e Rubens Bontempo, que disputa a prefeitura de Petrópolis com Bernardo Rossi. Mais seis tiveram a candidatura indeferida e recorreram, por isso a votação no nome deles aparece zerada.

O levantamento feito pela Agência Brasil também mostra que o número de mulheres no poder executivo municipal diminuiu de dez prefeitas para oito. As cidades que elegeram mulheres foram Araruama, Carapebus, Italva, Paracambi, Quissamã, São Francisco de Itabapoana, São João da Barra e Saquarema.

Entre os partidos, o PMDB foi o que mais perdeu prefeituras, inclusive a da capital: passou de 35 para 16 municípios. O PT tinha seis e só elegeu um prefeito no estado. O PSDB e o PSD passaram de quatro para duas prefeituras no estado. O DEM e o PRB tinham três cada e diminuíram para duas. O PSC tinha duas prefeituras e agora elegeu um prefeito. PROS, PSOL e PCdoB tinham uma prefeitura cada e não elegeram nenhuma ontem.

O PV manteve duas prefeituras e o PTD passou de quatro para seis. O PP tinha dez prefeituras e passou para 16, o PPS tinha uma e subiu para cinco, o PR passou de quatro para sete, o PTB de duas para cinco e o PSB de sete para oito. PEN, PMB, PRB, PT do B e Rede não tinham nenhum prefeito no estado e fizeram um cada e PHS e PTN conseguiram eleger dois cada.

O PRB tinha dois prefeitos e não elegeu nenhum no primeiro turno, mas das seis cidades que terão segundo turno, o partido concorre em três. O PMDB, PV e PSB tem duas cada; PSOL, PTN e PPS tem uma.

Em 34 cidades do estado, houve indeferimento de candidatura com recurso e pelo menos um dos candidatos aparece com a votação zerada, o que pode vir a alterar o resultado final. Porém, apenas em 11 o eleito ou os candidatos que passaram para o segundo turno podem ser alterados.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212