Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Produção de petróleo no país bate recorde pelo 3º mês consecutivo, diz ANP - Jornal Brasil em Folhas
Produção de petróleo no país bate recorde pelo 3º mês consecutivo, diz ANP


A produção de petróleo e gás natural no Brasil registrou recordes e/ou aumento de produção nas várias bases de comparação no mês de agosto deste ano, segundo dados divulgados hoje (4) pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Em junho, julho e agosto houve recorde na produção.

No caso da produção de petróleo e gás natural nos campos nacionais, em agosto, o volume extraído totalizou 3,293 milhões de barris de óleo por dia (petróleo e gás natural), volume superior ao recorde anterior de julho de 2016, quando foram produzidos 3,21 milhões de barris de óleo equivalente.

Isoladamente, a produção de petróleo foi de aproximadamente 2,609 milhões de barris por dia, um aumento de 1,1% na comparação com os 2,581 milhões produzidos em agosto, o terceiro recorde consecutivo na extração de óleo; foi também 2,4% superior ao mês de agosto do ano passado.

Já produção de gás natural somou 108,8 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d), superando o recorde anterior de 107,2 milhões de metros cúbicos obtido também em julho deste ano, que já havia sido 1,5% maior do que a de junho. Quando comparada a agosto do ano passado, a produção em agosto de 2016 chegou a crescer 9,6%.

Pré-sal

A produção de petróleo e gás natural nos 65 poços dos campos do pré-sal fechou agosto acima de 1 milhão de barris por dia de óleo equivalente, tendo atingido aproximadamente 1,365 milhão, neste caso um aumento de 3,6% em relação a julho, que também já havia sido recorde e atingido 1,317 milhões de óleo equivalente.

Deste total, 1,099 milhão de barris refere-se à produção diária de petróleo, volume superior a 1,066 milhão produzido em julho; e 42,2 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) à produção de gás natural, superando também os 40,8 milhões de metros cúbicos por dia de julho último.

O comissionamento da plataforma FPSO (que produz, armazenamento e escoa petróleo) Cidade de Saquarema, localizada no Campo de Lula, porém, levou a que o país queimasse mais gás do que em julho.

Os dados da ANP indicam que, em consequência, o aproveitamento de gás natural no mês foi de 95,4%. Já a queima de gás em agosto foi de 5 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d), um aumento de 13,5% se comparada ao mês anterior e de 7,8% em relação ao mesmo mês em 2015.

Campos produtores

Do ponto de vista dos campos produtores não houve qualquer modificação. Os campos marítimos continuaram respondendo pela quase totalidade da produção de petróleo e gás natural no país, respondendo por 94,4% da extração de petróleo e por 77,1% da extração de gás natural. A produção ocorreu em 8.792 poços, sendo 781 marítimos e 8.011 terrestres.

Os dados indicam, ainda, que os campos operados pela Petrobras produziram 93,4% do petróleo e gás natural extraídos no país e que o campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos, mais uma vez foi o maior produtor de petróleo e gás natural, com uma média diária de 581,9 mil barris de petróleo e 25,5 milhões de m³/d de gás natural.

A FPSO Cidade de Mangaratiba, instalada no campo de Lula, foi a que mais produziu petróleo e gás natural em agosto, atingindo 190 mil barris de petróleo e gás natural por dia, por meio de 5 poços a ela interligados.

 

Últimas Notícias

Submarino argentino é encontrado um ano e um dia após desaparecimento
Parlamento cubano rejeita resolução da Eurocâmara sobre direitos human
Incêndio da Califórnia registra 74 mortos e mais de mil desaparecidos
Livro mistura suspense e fantasia em reflexão sobre violência no país
EBC e Fundação Getulio Vargas firmam acordo para revitalizar acervo
Trabalho de escoramento em viaduto paulistano prossegue neste sábado
Belo Horizonte tem previsão de mais chuva; temporais já mataram quatro
Prefeito de Mariana diz que não desistirá de ação no Reino Unido

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212