Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Meirelles: análise do FMI sobre economia do país está em linha com a brasileira - Jornal Brasil em Folhas
Meirelles: análise do FMI sobre economia do país está em linha com a brasileira


O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (30) que a avaliação feita pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre a economia brasileira está de acordo com a análise do governo. “As sugestões do FMI estão bastante em linha com aquilo que nós estamos propondo”, disse Meirelles.

Em declaração divulgada ontem (29), o FMI recomendou a revisão da fórmula para cálculo do salário-mínimo, a aprovação de um teto para os gastos públicos e as reformas da Previdência e trabalhista no Brasil.

“A avaliação do FMI está bastante em linha com a avaliação que nós temos feito sobre a economia brasileira e com as propostas que estamos fazendo. Eles dizem que existe necessidade de um ajuste fiscal. Eles dizem que a PEC dos gastos precisa ser aprovada, quanto mais cedo melhor. É o que nós estamos dizendo e fazendo”, disse o ministro após participar de evento com empresários na capital paulista.

Salário-mínimo e direitos trabalhistas

Questionado sobre a recomendação do FMI de se alterar o cálculo do salário-mínimo, o ministro da Fazenda disse que a proposta do fundo ainda será analisada pelo governo brasileiro, já que a questão deverá ser discutida conjuntamente com a Reforma Previdenciária.

“Eles fizeram uma recomendação que evidentemente será objeto de análise. Porque isso aí é questão dos benefícios previdenciários. Um estudo que estará no âmbito da discussão da reforma da Previdência. Isso é um assunto já colocado, na medida em que a reforma da Previdência ainda está em discussão”, disse.

Sobre recomendação do FMI para a reforma trabalhista, o ministro disse que a proposta do fundo é genérica e que é necessário mais tempo para alguma definição. “A recomendação do FMI é genérica, ela não diz exatamente como deve ser feita, se é pela Justiça, ou se é pelo Congresso”, disse. [Essa questão] já está tendo um trânsito judicial e é possível que não seja necessário alguma medida congressual, isso aí vamos aguardar”.

 

Últimas Notícias

Atos em Brasília marcam os 50 anos da Receita Federal
Temer pede que brasileiros reflitam sobre questão racial
Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
Dia da Consciência Negra é comemorado no Rio com homenagem a Zumbi
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212